Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quinta-feira, 29 de junho de 2017

SAÚDE NO BLOG

FITOTERÁPICOS AJUDAM A COMBATER A DEPRESSÃO E ANSIEDADE 

por Bruna Nastas 

Os tratamentos fitoterápicos são uma ótima alternativa para quem busca fugir da medicina tradicional.  "Os fitoterápicos, que são feitos com plantas e agem de forma semelhante às drogas sintéticas, diferentemente das plantas medicinais. Como todo medicamento, passam por uma série de pesquisas para comprovar sua eficácia. Já as plantas medicinais podem ser usadas de outras maneiras, como no preparo de chás, por exemplo”, explica a nutricionista e fitoterapeuta Ana Paula Moura. No caso de doenças que afetam o sistema nervoso e o equilíbrio emocional, como depressão e ansiedade, esse tipo de tratamento vem ganhando cada vez mais adeptos. "A ansiedade é uma reação normal diante de situações que podem provocar medo, dúvida ou expectativa. Já o transtorno da ansiedade generalizada (TAG), segundo o manual de classificação de doenças mentais (DSM.IV), é um distúrbio caracterizado pela 'preocupação excessiva ou expectativa apreensiva', desproporcional ao fator gerador, persistente e de difícil controle, que perdura por seis meses no mínimo e vem acompanhado por três ou mais dos seguintes sintomas: inquietação, fadiga, irritabilidade, dificuldade de concentração, tensão muscular e perturbação do sono". A profissional ressalta que a maioria das plantas medicinais tem contraindicações e até efeitos colaterais perigosos quando usados incorretamente. Conheça:
1) Melissa (Melissa officinalis) - "Uma superdose de erva cidreira pode acarretar em uma hipotensão, ou seja, baixa da pressão arterial, em indivíduos com pré-disposição".
2) Camomila (Matricaria recutita): "Esta planta medicinal tem raros relatos de contraindicação". É uma ótima alternativa para substituir os calmantes.
3) Erva-de-são-joão (Hypericum perforatum): "É a mais eficiente para combater a depressão, mas não pode ser tomado sem uma prescrição e, principalmente, sem o acompanhamento do profissional habilitado. Contraindicado para crianças, gestantes e lactantes. Não deve ser utilizado juntamente com vários medicamentos alopáticos, pois produz interações medicamentosas prejudiciais (anticoagulantes, alguns antidepressivos, anticoncepcionais orais, entre outros)".
4) Passiflora (Passiflora incarnata): "Essa espécie de maracujá ajuda a controlar crises de ansiedade e depressão. Contraindicado na gestação e no uso concomitante com depressores do sistema nervoso".
5) Valeriana (Valeriana officinalis): Com propriedades extraídas da raiz, é uma ótima alternativa para melhorar o sono. Contraindicado para crianças abaixo de 12 anos, gestantes e lactantes. Em doses altas e uso prolongado pode síndrome de abstinência com a retirada abrupta do fitoterápico".

Nenhum comentário: