Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

sexta-feira, 23 de junho de 2017

RAPIDINHAS DO BLOG...

ELETROBRÁS DEVE CORTAR ATÉ 50% DOS SEUS FUNCIONÁRIOS
A Eletrobrás, uma das maiores empresas de energia elétrica da América Latina, deverá cortar quase 50% de seu quadro de pessoal durante o processo de reestruturação da empresa, disse o presidente da estatal, Wilson Ferreira Jr.  A companhia de energia está em crise desde o fim de 2012, sob impacto de um pacote de medidas do governo federal para reduzir as tarifas de eletricidade. Ferreira afirmou que a estatal tem trabalhado em um plano de reestruturação que envolve a redução de investimentos, vendas de ativos e imóveis administrativos e fortes cortes nas despesas. “Tem saída para o Grupo Eletrobrás, o que não parecia no começo... Ao final desse processo, a companhia deverá ter uma redução de quase 50% do seu quadro de funcionários”, disse Ferreira, que assumiu a presidência da estatal em julho do ano passado. Em maio, a companhia lançou um Plano de Aposentadoria Extraordinária, como parte da reestruturação. Pelos estudos feitos até agora, cerca de 35% do pessoal da estatal teria idade para se aposentar. Com o plano de aposentadoria e o Programa de Demissão Voluntária (PDV), que pode resultar no corte de 2,4 mil pessoas, a diretoria da Eletrobrás espera reduzir de 23 mil para 12 mil o número de funcionários – isso inclui a privatização das distribuidoras, que têm 6 mil funcionários.

MOLÉCULA-CHAVE DA VIDA É ‘VISTA’ POR RADIOTELESCÓPIO
A partir de observações feitas pelo Alma, o maior radiotelescópio do mundo, dois grupos internacionais de cientistas detectaram mais uma vez, no espaço, moléculas pré-bióticas - um dos ingredientes necessários para a existência de vida. Dessa vez, os astrônomos descobriram o composto orgânico - isocianato de metila - em imensas nuvens de poeira que encobrem um sistema de estrelas recém-formado, a uma distância de 400 anos-luz da Terra. O isocianato de metila, segundo os autores, tem estrutura quimicamente semelhante à das ligações peptídicas, que fazem os aminoácidos se manterem juntos em uma proteína. Assim, a descoberta poderá ajudar os astrônomos a entenderem como a vida surgiu na Terra. O Alma já havia detectado outras moléculas orgânicas no espaço, como açúcares e metanol, mas os novos estudos, publicados na revista Notices of the Royal Astronomical Society, sugere que moléculas orgânicas complexas podem surgir muito cedo durante a evolução de estrelas semelhantes ao Sol. “Depois de termos usado o Alma para detectar açúcares no espaço, agora encontramos isocianato de metila. Essa família de moléculas orgânicas está envolvida na síntese de peptídeos e aminoácidos, que, na forma de proteínas, são a base biológica para a vida como conhecemos”, disse um dos autores dos estudos, Niels Ligterink, do Observatório de Leiden (Holanda). 
UMA JANELA PARA O INVISÍVEL
A descoberta seria impossível até mesmo para os mais potentes e sofisticados telescópios ópticos, já que eles detectam apenas a luz visível. Mas o Alma, localizado no deserto do Atacama, no Chile, foi projetado para “enxergar o invisível”, ou aquilo que os astrônomos chamam de “Universo frio”: o radiotelescópio detecta as fraquíssimas radiações lançadas ao espaço pelos objetos astronômicos que não emitem, nem refletem luz, como a poeira espacial. Para estudar o que há por trás das espessas cortinas de matéria fria, um consórcio que envolve 15 países da Europa, o Chile, os Estados Unidos, Japão, Coreia do Sul e Taiwan construiu o Alma em 2013, com um investimento de 1,5 bilhão de euros. Com sua capacidade para “enxergar o Universo frio”, o radiotelescópio também consegue estudar a origem das galáxias. 

DESCUBRA QUANTAS MENSAGENS VOCÊ JÁ MANDOU NO WHATSAPP
Quantas mensagens você já enviou e recebeu no WhatsApp?  Difícil saber, não é? Mas se ficou curioso para descobrir, o WhatsApp permite que os usuários descubram quantas mensagens já foram trocadas no aplicativo com apenas alguns toques, direto no sistema do mensageiro. Para isso, basta abrir o WhatsApp, clicar na aba "Ajustes" ou "Configurações", dependendo da versão do seu aplicativo. Em seguida, clique em "Uso de dados armazenamento" e selecione a opção "Uso da rede". A partir daí, uma janela irá abrir na tela de seu smartphone com várias informações sobre seu aplicativo. Na primeira linha, você encontra o número de mensagens enviadas e, na segunda linha,  a quantidade exata de mensagens recebidas.  Ainda é possível descobrir a quantidade de ligações feitas e recebidas pelo app. E para alegria de todos, as informações sobre o seu WhatsApp podem ser acessadas a partir dos sistemas operacionais iOS e Android. 

Nenhum comentário: