Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

segunda-feira, 29 de maio de 2017

RAPIDINHAS DO BLOG...

MERCADO FINANCEIRO REDUZ PROJEÇÃO DE INFLAÇÃO PARA 3,92% ESTE ANO
O mercado financeiro reduziu a projeção para a inflação este ano pela 11ª vez seguida. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,93% para 3,92%, de acordo com o boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas, pelo Banco Central (BC), e divulgada às segundas-feiras. A projeção para a inflação este ano está abaixo do centro da meta, que é 4,5%. A meta tem ainda limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2018, a estimativa caiu 4,36% para 4,34%, no segundo ajuste seguido. A projeção de instituições financeiras para o crescimento da economia (Produto Interno Bruto – PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país) permanece em 0,50%, este ano e em 2,50%, em 2018. Para as instituições financeiras, a taxa básica de juros, a Selic, encerará 2017 e 2018 em 8,5% ao ano. Atualmente, a Selic está em 11,25% ao ano. A Selic é um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e a inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Já quando o Copom diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação.

BNDES APROVA PRIMEIRO FINANCIAMENTO PARA GERAÇÃO DE ENERGIA SOLAR
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 529,039 milhões para implantação do Complexo Solar Pirapora, em Minas Gerais. O empreendimento terá cinco usinas fotovoltaicas e potência instalada total de 150 Megawatts (MW) e potência fotovoltaica instalada de 191 Megawatts picos (MWp). Este é o primeiro projeto de geração de energia solar financiado pelo BNDES. O projeto ampliará a oferta de energia elétrica por meio de uma fonte renovável, permitindo atender à demanda equivalente a 189.842 residências. A construção das instalações vai gerar 1.381 empregos diretos e indiretos. Segundo a presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, em conformidade com seu papel de indutor do desenvolvimento econômico, em especial de projetos com externalidades positivas – no caso a ambiental – o Banco destina as melhores condições de crédito a projetos de energias renováveis. No financiamento aprovado pelo Banco está incluído o subcrédito, no montante de R$ 2,6 milhões, destinado a investimentos sociais no âmbito da comunidade em projetos diversos daqueles previstos no licenciamento ambiental.
ENERGIA DE RESERVA
A energia do Complexo Solar de Pirapora foi comercializada no Ambiente de Contratação Regulado (ACR) durante o 7° Leilão para Contratação de Energia de Reserva realizado em 28 de agosto de 2015. Os Contratos de Energia de Reserva (CERs) celebrados com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) têm vigência de 20 anos, a partir de 1º de agosto de 2017, data prevista de entrada em operação comercial. As usinas comercializaram um total de 42 MW médios (8,4 MW médios cada), a uma tarifa média de R$ 298,58/MWh. As obras do Complexo Solar Pirapora foram iniciadas em outubro de 2016 e têm previsão de entrada em operação em agosto 2017.

CONHECE O MAIOR CONCORRENTE DO WHATSAPP? LINE TEM MUITO MAIS RECURSOS

Por incrível que pareça, um dos aplicativos de troca de mensagens que mais cresce e domina diversas regiões do mundo é desconhecido dos brasileiros --aquele povo que simplesmente não desgruda do WhatsApp. O Line foi lançado em 2011, no Japão, e já no primeiro ano de atividade cresceu três vezes mais rápido do que o Facebook em número de usuários na Ásia. Hoje, está presente quase todos os países, sendo o aplicativo mais baixado em 52 deles --Japão, Espanha, China, Índia, México e Rússia, entre outros-- e ultrapassou o Skype em número de usuários registrados. Aplicativos de mensagens existem aos montes, mas o Line não é só mais um. Além de funcionar para mensagens instantâneas, oferece chamadas VoIP, em áudio e vídeo, e conta com milhares de emojis e stickers exclusivos. Além disso, ele se diferencia dos concorrentes por ser uma rede social completa. No app, o usuário possui uma timeline e pode entrar em comunidades temáticas. Ou seja, é uma mistura de WhatsApp com Facebook --ou seria Orkut? Tem para todos os gostos: time de futebol, séries de TV, bandas, jornais... Existem perfis oficiais e também aqueles criados pelos usuários. Quem gosta de descobrir coisas diferentes, encontrará boas surpresas no Line. Por exemplo, dá para treinar o inglês (ou o francês, o espanhol...). E mais, dada a variedade de símbolos e adesivos, um grupo consegue se comunicar com eficiência usando apenas as imagens gratuitas, sem digitar uma palavra sequer. Outra vantagem do Line é sua integração com o Google Keep, serviço de armazenamento que facilita a troca de arquivos e alivia a quantidade de dados no espaço interno de seu smartphone. Apesar de ser uma rede social completa e um aplicativo de mensagens eficiente (e que normalmente anda na frente de seus concorrentes como o WhatsApp e Skype), o Line ainda não "pegou" no Brasil. Um dos motivos para que ele seja desconhecido da maior parte dos brasileiros é um efeito curioso das redes sociais: o número de usuários. Quanto mais gente usando, maior a possibilidade de que ele seja útil no dia a dia.

Nenhum comentário: