Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

SAÚDE NO BLOG

OS BENEFÍCIOS DO SOL

por © Equipe Editorial Bibliomed,

Qual a importância do Sol para a saúde humana?
Todos já sabemos que o Sol traz muitos benefícios ao ser humano, contribuindo para a saúde e bem-estar físico e psíquico. Na medida certa, o sol é importante para a síntese de vitaminas e garante aparência saudável. Além disso, a exposição diária à luz solar favorece o bem-estar e diminui a incidência de depressão e outras doenças do aparelho psíquico, especialmente em idosos.
Quais são os tipos de radiação solar que existem?
O sol nos fornece dois tipos principais de radiação: ultravioleta A (UVA) e ultravioleta B (UVB). As duas são tipos de raios que o olho humano não consegue ver. A diferença mais importante entre as duas é que uma medida da Física, chamada comprimento de onda, é maior na radiação UVA que na UVB.
Quais as diferenças para o organismo entre os raios UVA e UVB
A pele absorve de forma diferente cada tipo de radiação solar. Os raios UVA atingem as camadas mais profundas da pele. Já a radiação UVB atinge apenas as camadas mais superficiais. A radiação UVB tem também a peculiaridade de atravessar as nuvens, e pode ser absorvida pelo organismo mesmo na exposição solar indireta, como nos dias nublados, na chamado “mormaço”. Cerca de 95% dos raios ultravioleta que atingem a Terra são do tipo UVA e apenas 5% são UVB.
Qual a relação entre o sol e as vitaminas?
O Sol é essencial para a produção e absorção da vitamina D pelo organismo. Já a vitamina D, por sua vez, está envolvida na incorporação do cálcio na estrutura dos ossos. Portanto, tomar Sol com frequência e na medida certa é uma questão de saúde.
E quando a exposição solar é insuficiente, o que ocorre?
Quando há pouca exposição solar (como nos países de clima muito frio) a pele produz vitamina D em quantidade insuficiente, e pode ser necessário fornecê-la artificialmente ao organismo, através de suplementação alimentar. Isso porque são poucos os alimentos que contêm grandes quantidades de vitamina D; entre eles podemos destacar peixes gordurosos, o fígado de boi e os óleos de peixes.
Isso significa que quanto mais sol, melhor?
Não! Para possibilitar que o organismo produza vitamina D, basta tomar de cinco a dez minutos de Sol, duas vezes por semana, sempre evitando o período entre 10 e 16 horas (nesse período a quantidade de raios nocivos é muito grande, e mesmo curtos períodos de exposição podem ser excessivos).
Quais as orientações para uma vida saudável com o Sol?
Expor-se ao sol sem excessos, sempre com proteção do filtro e antes das 10 e depois das 16 horas. Não esquecer o filtro solar nos dias nublados. Lembrar que muitas superfícies, como areia, água, cimento (e até neve), são refletoras das radiações solares, muitas vezes intensificando sua ação: mesmo sob a sombra, você pode receber a radiação refletida nestas superfícies. Não use bronzeadores caseiros e não tenha contato com frutas cítricas antes de tomar Sol. Elas podem provocar queimaduras e manchar sua pele. Substâncias químicas também oferecem perigo semelhante.
E lembre-se: em caso de dúvidas sobre como ter uma vida saudável e fazer do Sol seu aliado, procure sempre seu Médico. 

Fonte: Bibliomed (www.bibliomed.com.br)

Nenhum comentário: