Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

RAPIDINHAS DO BLOG...

DESEMPREGO ATINGE 2,8 MILHÕES DE PESSOAS A MAIS EM 2015, SEGUNDO IBGE
Em 2015, 2,8 milhões de pessoas a mais estavam na fila do desemprego, em comparação com 2014, um aumento de 38,1% no ano, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Com isso, o total de pessoas sem trabalho chegou a 10 milhões. A taxa de desemprego de 2015 foi de 9,6%, de acordo com a pesquisa, aumento de 2,7 pontos percentuais na comparação com o ano anterior. Os dados foram divulgados na sexta-feira (25) e fazem parte da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios). Ano passado foi o primeiro em que o número total de trabalhadores caiu, desde o início da série histórica da Pnad, em 2004. O número de trabalhadores em 2015 foi estimado em 94,8 milhões de pessoas, representando uma queda de 3,9% em relação ao ano anterior, quando 98,6 milhões tinham trabalho.
DESEMPREGO POR REGIÃO
O número de desempregados aumentou nas cinco regiões do país. O Sudeste foi o que teve maior aumento em números absolutos, com 1,5 milhão a mais, mas, proporcionalmente, a maior alta foi no Sul:

·         Sul: 66,1% de alta no desemprego (432 mil a mais)
·         Sudeste: 46% (1,5 milhão a mais)
·         Centro-Oeste: 39,1% (178 mil a mais)
·         Nordeste: 22,8% (499 mil pessoas)
·         Norte: 17,9% (109 mil pessoas)
PERFIL DOS DESEMPREGADOS
Entre o total de desempregados no país:
·         Uma a cada quatro pessoas nunca tinha trabalhado (26,3%)
·         Um a cada três (33,4%) eram jovens de 18 a 24 anos
·         Quase a metade (48,2%) não tinha completado o ensino médio
·         A maior parte (60,4%) eram negros (grupo formado por pretos e pardos, de acordo com a metodologia do IBGE)
OUTRAS PESQUISAS
A Pnad é feita uma vez por ano, mas não é a única pesquisa do IBGE com dados sobre emprego. Mensalmente, o instituto também divulga dados da Pnad Contínua. Apesar de o nome ser parecido e ela também mostrar dados como o total de trabalhadores e a taxa de desemprego, a metodologia é diferente. Por causa disso, os resultados também variam, ainda que indiquem a mesma tendência (aumento do desemprego em 2015). Assim, a Pnad Contínua registrou que a taxa de desemprego teve média de 8,5% em 2015, fechando o ano com 8,6 milhões de desempregados. Estes dados foram divulgados em março deste ano. Desde então, outros resultados dessa pesquisa já foram divulgados. O mais recente indica que o país chegou a 12 milhões de desempregados no terceiro trimestre de 2016, com taxa de 11,8%. Além do IBGE, outros órgãos e institutos divulgam dados sobre desemprego. O Ministério do Trabalho, por exemplo, registra mensalmente o número de trabalhadores com carteira assinada.

O MISTÉRIO DO OBJETO MAIS ESFÉRICO JÁ ENCONTRADO NO UNIVERSO
Se tem algo raro de se encontrar no Universo, é uma esfera perfeita. Os planetas e as estrelas não são. As forças centrífugas a que são submetidos fazem com que sejam "esmagados" nos pólos. Mas, a 5.000 anos-luz da Terra, está Kepler 11.145.123 (ou KIC 11145123), cuja esfera parece desafiar as leis da física. Trata-se do objeto mais esférico encontrado no espaço até agora. A sua esfera está tão perfeitamente intacta que pesquisadores do Instituto Max Planck para o Sistema Solar e da Universidade de Gottingen, na Alemanha, estão intrigados em descobrir o que leva o objeto a ser alheio às turbulências do espaço. "Kepler 11145123 é o objeto natural mais esférico que já medimos, é muito mais redondo do que o Sol", disse o astrônomo Laurent Gizon, chefe do estudo. Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores usaram uma técnica conhecida como sismologia, ou asterosismologia estelar, que estuda a estrutura interna das estrelas e determina a esfericidade do objeto.
PASSO DE TARTARUGA
Ao girar em seus eixos, as luas, planetas e estrelas são submetidos a forças centrífugas que achatam seus pólos. O nosso Sol tem um ciclo de rotação de 27 dias e o raio da sua circunferência é 10 quilômetros maior na sua linha do equador do que nos pólos. No caso da Terra, essa diferença é de 21 quilômetros. Já a KIC 11145123 apresenta uma diferença de apenas 3 quilômetros, incrivelmente pequena se considerarmos que esta estrela tem um raio de 1,5 milhões de quilômetros, duas vezes maior do que o Sol. Embora os especialistas não tenham uma resposta conclusiva sobre a razão deste fenômeno, eles dão alguns palpites: "A rotação desta estrela é surpreendentemente mais lenta, três vezes mais devagar do que o Sol, e não sabemos exatamente o motivo", disse Gizon à BBC. "Mas, ao girar mais devagar, deforma menos", acrescentou. Além disso, seu centro gira mais lentamente do que suas camadas externas.
CAMPO MAGNÉTICO
O especialista afirma que a rotação não é, no entanto, o único fator que determina a forma de uma estrela. Também existe o campo magnético. "Nós percebemos que esta estrela parecia um pouco mais arredondada do que previa sua rotação", diz o especialista. "É por isso que também atribuímos sua forma à presença do campo magnético". "Nós sugerimos que seu fraco campo magnético (muito mais fraco do que o do Sol) seja uma possível explicação para a sua esfericidade", relataram os autores do estudo, publicado na revista Science Advances.
Para os cientistas, a forma da estrela KIC 11145123 traz à tona dúvidas sobre a origem dos campos magnéticos. "Este trabalho é um primeiro passo no estudo de formas estelares com a asterosismologia", conclui.

MICROSOFT LEVA O CLÁSSICO "PACIÊNCIA" PARA CELULARES ANDROID E IOS
Se você era daqueles que passava um bom tempo em frente ao seu computador jogando Paciência, essa pode ser uma boa notícia. O clássico da Microsoft ganhou uma versão para Android (http://zip.net/bltwXG) e iOS (http://zip.net/brtxxf), já disponíveis para brasileiros. É a primeira vez que o jogo de cartas aparece oficialmente fora do Windows. Vale lembrar, no entanto, que já existem alguns apps nas lojas da Apple e do Android que tentam imitar o game. A versão mobile do game vai incluir uma coleção, que vai além do tradicional Paciência. Também incluirá outras formas de se jogar, com regras diferenciadas, entre elas o FreeCell, Klondike, Spider, Tripeaks e Pyramid. A grande novidade é que os jogadores poderão desfrutar da integração ao vivo com o Xbox. Para quem não gosta de jogar sozinho, a opção é uma boa. O app é gratuito, mas, quem quiser se livrar das propagandas, pode pagar US$ 2 (cerca de R$ 6,70) pela versão premium. (*Com informações do The Verge)

Nenhum comentário: