Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

CINEMA NO BLOG

A MULHER SENSUAL (1980)

FICHA TÉCNICA
Pais:
Brasil
Gênero:
Drama, Pornochanchada
Direção:
Antônio Calmon
Roteiro:
Antônio Calmon, Doc Comparato, Álvaro Pacheco
Produção:
Álvaro Pacheco
Música Original:
Antônio Remo Usai
Fotografia:
Edgar Moura
Edição:
Giuseppe Baldacconi
Direção de Arte:
Oscar Ramos
Figurino:
Oscar Ramos
Maquiagem:
Jonas Prochownik
Efeitos Sonoros:
Aloísio VIana, Antônio César

ELENCO
Helena Ramos
Marina
Maria Alves
Joana
André de Biase
Câmera man
Ricardo Zambelli
Galã de novela
Flávio São Thiago
Diretor de TV
Maria Pompeu
Hilda
Otávio Augusto
Jornalista
Helber Rangel
Alfredo Carlos
Monique Lafond
Fotógrafa
Alcione Mazzeo
Berta
Paulo Ramos
Rico
Ana Maria Nascimento e Silva
Atriz de cinema
Carmem Figueira
Atriz de teatro
Petty Pesce
Mulher de Érico
Miguel Falabella
Lúcia Veríssimo
Sérgio Mallandro
Moacyr Deriquém
Rodolfo Arena
Sílvia Salgado

PRÊMIOS
Associação Paulista de Críticos de Arte:
Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (Maria Pompeu)

SINOPSE
Marina, a maior estrela da televisão brasileira, grande símbolo sexual, vive angustiada, em conflito com os personagens que representa.  É apaixonada por Ricardo, diretor geral da TV, que por sua vez oferece à Marina um amor apressado e pleno de insatisfações.  Apesar disso, ela é escrava desse relacionamento, pois o cultivo subconsciente da sua passividade a faz crer que é uma mulher fria. Com a contratação pela TV da nova atriz Selma, vinda do cinema, mulher glamorosa e envolvente, para quem o interesse machista de Ricardo se volta, Marina é obrigada a se redescobrir, usando métodos que desta feita se enquadram perfeitamente com os personagens que representa. Na novela "Senhora", desempenha o papel principal, ao mesmo tempo em que mantém um relacionamento com Rico, produtor da emissora de televisão responsável pela novela.  Certo dia, surpreende Rico ao lado de Berta e fica enciumada. Numa festa organizada para uma atriz de São Paulo, que vai protagonizar a próxima novela, Rico tenta transar com Marina, que o repele.  Depois da briga, muda-se para a casa da amiga Hilda, onde conhece Jaime, um repórter de uma revista.  Os dois iniciam um relacionamento que não dura muito. Rico tenta uma reaproximação sem sucesso.  Marina procura um analista e inicia um tratamento para descobrir porque é fria com os homens.  Depois de realizar uma sessão de fotos nuas, passa a agir de forma diferente, relaciona-se com Miguel, integrante do estúdio de televisão. Hilda recebe um comunicado de sua demissão e comete o suicídio.  Marina e Rico encontram-se no enterro, discutem. Ela comemora seu aniversário com um almoço em sua casa, Rico aparece ao lado de Berta e uma nova discussão entre os dois acontece. Durante a gravação da novela, Marina descobre que Rico havia pedido demissão da emissora e sai ao seu encontro.  Discutem arduamente e logo em seguida, beijam-se apaixonadamente.

COMENTÁRIOS
"A Mulher Sensual" é um filme muito fraco.  Realizado pelo diretor Antônio Calmon, que também participou da elaboração do roteiro, o filme é repleto de mulheres bonitas e contém um grande apelo erótico, muito em voga no Brasil dos anos 70 e 80. O roteiro é mal construído.  Enfim, de um modo geral, não há grandes destaques a serem considerados nesse filme de Calmon. 

por Carlos Augusto de Araújo 

Nenhum comentário: