Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

TURISMO NO BLOG

FORTIM-CE: NATUREZA, ARQUITETURA E HISTÓRIA
No encontro do rio com o mar, embarcações percorrem paisagens de encher os olhos dos visitantes

por Ellen Freitas

Calmaria e belas paisagens são a combinação perfeita para quem visita a cidade de Fortim, no Litoral Leste cearense, distante 138 km de Fortaleza. Além das praias paradisíacas, o destino também oferece um passeio encantador pela foz do rio Jaguaribe. Ali, onde o rio encontra o mar, o verde dos mangues se mistura aos tons azulados do céu que se espelham nas águas calmas. A paisagem de dunas também dá o tom a uma composição de encher os olhos.
Na alta estação o passeio é oferecido todos os dias e tem como ponto de partida a Praia Canto da Barra. O catamarã da Nayara Turismo é uma das quatro opções para realizar o trajeto, que parte pontualmente às 10h30, em horário único. Já na época de baixa estação os passeios são normalmente de quinta-feira a domingo, também no mesmo horário, sendo possível agendar viagens para os demais dias da semana.
O roteiro, com duas horas de duração, oferece um misto de belezas naturais, arquitetura e vestígios da história cearense. Na primeira parte do trajeto o que chama atenção é o requinte das casas de veraneio que margeiam o rio, roubando a atenção dos turistas e vale sempre uma foto. O luxo de algumas residências se mistura com a simplicidade das embarcações de pescadores, que normalmente estão ali ancoradas. Tem ainda a visão da Igreja de Nossa Senhora do Amparo se misturando às folhagens, trazendo uma leveza rústica à paisagem.
RIQUEZA HISTÓRICA
A história do Ceará também é evidente durante o passeio como, por exemplo, a Pedra do Chapéu, onde à época da colonização cearense Pero Coelho ergueu o Forte de São Lourenço, sendo um dos marcos de resistência à invasão Holandesa. É devido a essa estrutura que a cidade recebeu o nome de Fortim.
Em um segundo momento do trajeto, a embarcação segue rio acima ao encontro dos manguezais. A vegetação nativa e fauna local enriquecem o cenário de um dos rios mais importantes do Estado. Por lá, os turistas também têm a chance de conhecer o Canal do Amor, um braço do Jaguaribe que, segunda contam os nativos, era o local onde Pero Coelho se encontrava com uma índia da tribo Tabajara para viver um romance. Não é à toa, que a lenda dos dois da um tom poético à viagem.
Antes de concluir o roteiro, há uma pausa de 20 minutos para um banho refrescante. O local escolhido é onde há o encontro das águas. Dica: uma das melhores épocas para navegar é durante a maré cheia, quando os espelhos d'águas do rio e mar ficam límpidos e transparentes.
E para a comodidade dos turistas, a bordo do Nayara são servidos espetinhos de camarão como cortesia. Lanches e bebidas também estão disponíveis durante o passeio.
As águas e os ventos nesta região de Fortim são propícios à prática do kitesurf, então se torna comum o grande número de esportistas que se avista pelo caminho.
PARA MATAR A FOME
Após o passeio, Fortim oferece algumas boas opções para o almoço, dentre elas a Barraca Canto Verde, na praia do Pontal do Maceió. Entre as boas opções que o lugar oferece, o turista pode degustar uma bela panqueca de camarão ou um robalo frito.
Se o que se busca é uma comida mais regional existe como opção o Restaurante do Raimundinho, já na saída de Fortim, próximo à rodovia estadual CE-040. A galinha caipira com pirão é o prato chefe da casa, além de outras variedades da cozinha tipicamente regional.


Nenhum comentário: