Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

RAPIDINHAS DO BLOG...

IPC-FIPE DESACELERA ALTA PARA 0,35% EM JULHO; ALIMENTOS E HABITAÇÃO SOBEM MENOS E VESTUÁRIO CAI
O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo fechou julho com alta de 0,35%, após avanço de 0,65% no mês anterior, com alta menor nos preços dos Alimentos e Habitação e queda em Vestuário, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) na quinta-feira (4). Apesar da desaceleração para uma alta de 0,78%, ante 1,17% em junho, a maior pressão no mês foi do grupo Alimentação, com 0,1916 ponto percentual. O grupo Habitação também mostrou forte desaceleração em julho, subindo 0,2% após a alta de 0,8% no mês anterior. Já o grupo Vestuário caiu 0,98% no mês passado, após subir 0,32% em junho, e foi o único a ficar em campo negativo. O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

BENNU, O 'ASTEROIDE DA MORTE' QUE A NASA QUER ESTUDAR
Os cientistas o conhecem desde 1999 e temem que um dia ele possa se chocar contra a Terra. Trata-se do asteroide Bennu, que a agência espacial dos Estados Unidos (Nasa) está disposta a estudar. A agência vai lançar em setembro a sonda Osiris-Rex para coletar amostras da superfície do asteroide, explicou Dante Lauretta, professor da Universidade de Tucson, no Arizona e principal investigador da missão. A Osiris-Rex irá procurar elementos orgânicos que podem ser de grande valor para a comunidade científica e para entendermos a composição e o comportamento de Bennu. O asteroide causa expectativa porque existe uma pequena chance - 1 em 2,5 mil, segundo a Nasa - de que ele colida com o nosso planeta no século 22, por volta do ano 2135, quando sua aproximação com a Terra e a Lua pode alterar sua órbita. Ele foi, inclusive, batizado com o nome de uma ave mitológica egípcia que tem associações com a morte. Alguns cientistas dizem que o corpo celeste poderia trazer "sofrimento e morte" para a Terra; mas há quem diga também que, mesmo que ele chegue de fato por aqui, não vai destruir o planeta. A sonda Osiris-Rex talvez nos dê mais pistas sobre a rota do astroide, diz Lauretta.
O PROCESSO
A sonda Osiris-Rex terá de sobreviver dois anos antes de chegar ao asteroide. Os cientistas envolvidos na sua criação alegam que o aparelho não terá dificuldades em resistir à viagem espacial, por ser o primeiro dispositivo desse tipo construído sem partes móveis - o que reduz o risco de alguma peça ser deteriorada durante a viagem da missão.

AUMENTO DE GOLPES DEIXA WHATSAPP EM ALERTA; VEJA COMO SE PROTEGER
Com o aumento no número de golpes e mensagens falsas que circulam pelo aplicativo de mensagens, o WhatsApp disse em um comunicado enviado à imprensa que não usa o próprio app para se comunicar com os usuários. A empresa garante ainda "trabalhar cuidadosamente para reduzir as mensagens indesejadas que chegam pelo sistema". Nos últimos meses, empresas de segurança digital descobriram uma série de golpes aplicados pelo WhatsApp como o de falsos descontos ou ainda promessas ilusórias relacionadas ao próprio aplicativo --como campanhas que prometem liberar novos emojis, recurso de videochamada ou dedurar todos os usuários que visitaram o seu perfil. "Mensagens indesejadas podem chegar ao usuário de várias formas como spam, fraudes e vírus", alerta o WhatsApp. A equipe do app diz que todas essas mensagens tentam enganar os usuários.
ESTRANHE RECOMPENSAS OU PUNIÇÕES
A empresa, portanto, pede atenção dos usuários principalmente em mensagens cujo remetente afirma ser filiado do WhatsApp, com instruções para encaminhar o conteúdo, com ameaças de possíveis punições ou com promessas de recompensa ou presente.
TENHA UM ANTIVÍRUS NO CELULAR
Para se precaver de páginas maliciosas, a sugestão é já conhecida: evite clicar em links desconhecidos. Baixar um antivírus também pode ajudar (conheça algumas boas opções aqui).  É importante mantê-los atualizados para que possam desempenhar melhor suas funções.
NUNCA REPASSE A MENSAGEM
O recomendado, segundo o WhatsApp, é bloquear o remetente, desconsiderar a mensagem e apagá-la. "Para evitar expor os seus contatos a potenciais danos, nunca encaminhe essas mensagens a eles", acrescenta a empresa.

Nenhum comentário: