Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quarta-feira, 16 de março de 2016

CINEMA NO BLOG

CITY HALL - CONSPIRAÇÃO NO ALTO ESCALÃO (1996)
City Hall
FICHA TÉCNICA
Outros Títulos:
A sombra da corrupção (Portugal)
City Hall. La sombra de la corrupción (Espanha)
Complot dans la ville (Canadá francês)
Maktspel (Suécia)
Pormestari (Finlândia)
Gradska vijećnica (Croácia)
Minden gyanú felett (Hungria)
Ludzie miasta (Polônia)
Мэрия (Rússia) 
Pais:
Estados Unidos
Gênero:
Drama, Suspense
Direção:
Harold Becker
Roteiro:
Ken Lipper, Paul Schrader, Bo Goldman
Produção:
Harold Becker, Ken Lipper, Charles Mulvehill, Edward Pressman
Design Produção:
Jane Musky
Música Original:
Jerry Goldsmith
Fotografia:
Michael Seresin
Edição:
David Bretherton, Robert C. Jones
Direção de Arte:
Robert Guerra
Figurino:
Richard Hornung
Guarda-Roupa:
William A. Campbell
Maquiagem:
Felice Diamond, Craig Lyman, Bernadette Mazur
Efeitos Sonoros:
Paul Timothy Carden, Richard C. Franklin, Joel Holland e outros
Efeitos Especiais:
Steven Kirshoff .
Efeitos Visuais:
Alison O'Brien, Pete Hanson, Paddy Eason

ELENCO
Al Pacino
Prefeito John Pappas
John Cusack
Vice-Prefeito Kevin Calhoun
Bridget Fonda
Marybeth Cogan
Danny Aiello
Frank Anselmo
Martin Landau
Juiz Walter Stern
David Paymer
Abe Goodman
Anthony Franciosa
Paul Zapatti
Larry Romano
Tino Zapatti
Richard Schiff
Larry Schwartz
Lindsay Duncan
Sydney Pappas
Nestor Serrano
Detetive Eddie Santos
Mel Winkler
Detetive Albert Holly
John Slattery
Detetive Georg
Benny Nieves
Detetive Jaime
Lauren Vélez
Elaine Santos
Chloe Morris
Maria Santos
Ian Quinlan
Randy Santos
Roberta Peters
Nettie Anselmo
Angel David
Angel David
Rob LaBelle
James Wakeley
Sylvia Kauders
Gussie
Jordan Baker
Sra. Marquand
Nancy Duerr
Liz Warnecke
Leonard Chapman
Reverendo Chapman
Brenda Pressley
Reporter
Justin Ashforth
Reporter
Don Wallace
Fotógrafo

VIDEOCLIPES


https://youtu.be/eoyxeaBguTk

SINOPSE
John Pappas é o prefeito de Nova York e tem muito mais ambições políticas, incluindo o gabinete do governador e da Casa Branca. Seu leal vice-prefeito é Kevin Calhoun, um jovem de Louisiana que cresceu amando a política. Um dia, um detetive de polícia, de folga, chamado Eddie Santos, é emboscado por Tino Zapatti, um criminoso com laços junto à máfia. Eles matam uns aos outros em um tiroteio e, com uma bala perdida, causam a morte de um pequeno menino chamado James Bone. Uma investigação leva a uma pergunta a respeito das razões que levaram o juiz Walter Stern, velho amigo do prefeito, a colocar em liberdade condicional Zapatti, por um crime recente, ao invés de colocá-lo na cadeia. A assessora jurídica Marybeth Cogan, enquanto isso, tenta verificar se a viúva de Santos recebe todos os seus benefícios, mas parece haver uma conspiração para pintar o detetive morto como alguém desonesto. Enquanto o prefeito fala no funeral da criança, Calhoun procura por respostas. Ele é cauteloso em relação a Frank Anselmo, um político do Brooklyn que tem ligações com o chefe do crime organizado, Paul Zapatti, tio de Tino Zapatti. Anselmo planta dinheiro a mando de Zapatti, para manchar o bom nome do detetive. O vice-prefeito e Marybeth Cogan continuam a procurar a verdade a partir de uma série de fontes, incluindo um sócio de Santos e um parente de Zapatti. Após o assassinato do oficial de justiça Larry Schwartz, eles acabam por concluir que o Juiz Stern tinha se comportado de maneira desonesta. John Pappas concorda que Stern deve renunciar. O escândalo chega a um ponto em que Zapatti sugere que Anselmo cometa suicídio para não ir para a cadeia. Assim, para proteger sua família, ele atira em si mesmo. O escândalo está quase no fim, quando Calhoun toma conhecimento de que o prefeito, seu ídolo, também se acha envolvido. Foi o prefeito que colocou Stern, juntamente com Anselmo, para receber um suborno e deixar o jovem Zapatti na rua. No final, Calhoun diz a Pappas que só há uma coisa a ser feita: renunciar ao cargo de prefeito e abandonar a política.

COMENTÁRIOS
Realizado pelo cineasta nova-iorquino Harold Becker, “City Hall – Conspiração no Alto Escalão” é um razoável filme de suspense de meados dos anos 1990. Sua trama fala de um fictício envolvimento de autoridades da cidade de Nova York com a corrupção e o crime organizado. Na direção, Becker realiza um trabalho mediano, com um ritmo fraco, planos lentos e transições rápidas. Por outro lado, o roteiro é muito bem escrito e marcado por ótimos diálogos. No elenco, o grande destaque é Al Pacino, no papel do prefeito John Pappas, seguido pelas boas atuações de John Cusack e Bridget Fonda.


por Carlos Augusto de Araújo

Nenhum comentário: