Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

TURISMO NO BLOG

CINQUE TERRE: TESOURO ITALIANO
Na fronteira entre Toscana e a Ligúria, cinco pequenas vilas encravadas nas montanhas exibem uma beleza única e exótica

por Anchieta Dantas Jr.


Cerca de 100 quilômetros a sudeste de Gênova, pertinho de La Spezia e ainda fácil de ser alcançado desde Pisa e Florença, um dos tesouros da Itália, Cinque Terre, brilha à beira do Mar da Ligúria. E Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterroso são os nomes dos cinco vilarejos que formam o destino. Todos de sonho, lindos, românticos por excelência, bem abastecidos por hotéis, restaurantes e bares e interligados por um curto trajeto de trem ou 12 quilômetros de trilhas ecológicas, que podem ser percorridas a pé. Seja pela forma como as casinhas se distribuem entre a beira-mar e a montanha em Monterroso, pelos prédios coloridos de Vernazza, pelas incríveis edificações sobre rochas de Corniglia e Riomaggiore ou pelo sol se pondo em Manarola, as maravilhas de Cinque Terre são imperdíveis em cada cantinho. Importante zona produtora de vinhos e olivas, desde 1997, é considerada ainda Patrimônio da Humanidade pela Unesco. 
Em Cinque Terre desfruta-se ainda de uma deliciosa gastronomia, com destaque para os vinhos, as tradicionais bruschettas e receitas à base de peixes e mariscos Visitar a região tomando o trem no sentido La Spezia-Gênova é o mais indicado para quem decide conhecê-la estando na Toscana. Em La Spezia, ainda na estação de trens, dirija-se ao escritório de atendimento ao turista e compre o passe que dá o direito de transitar pelos cinco vilarejos. A primeira parada, Riomaggiore, a apenas dez minutos dali, é uma cidade repleta de túneis, que passam por entre suas construções, muitas escadas e agradáveis surpresas pelo caminho. Na parte alta encontra-se a igreja de San Giovanni Battista, construída em 1340, e descendo até a Marina tem-se uma bela vista da vila.
VIA DO AMOR
Já o trajeto de Riomaggiore para a segunda vila, Manarola, se você preferir, pode ser feito a pé pela Via Dell'Amore. Este caminho permite uma vista linda do mar e dos rochedos. Preste atenção nos cadeados espalhados ao longo do percurso e que celebram o amor e a união entre os casais. São inúmeras as lendas que envolvem essa prática romântica comum entre italianos. Manarola foi erguida seguindo o caminho do Rio Groppo, agora coberto. O lugar é bastante charmoso, com suas ruazinhas estreitas e casinhas coloridas. O terceira vilarejo é Corniglia. Ao descer do trem, é preciso subir uma escada de quase 400 degraus para acessá-lo. Mas o esforço compensa: a vista é espetacular! Destaque para a Igreja de San Pietro, em estilo gótico. Já o quarto povoado, Vernazza, possui bonito centro histórico e imponente arquitetura. O colorido das edificações e dos barcos ancorados na praia, os bares e restaurantes na marina, misturados com o vai e vem de pessoas dão um toque todo especial.
PARA CURTIR A PRAIA
Por fim, chega-se a Monterosso al Mare, ponto mais ocidental de Cinque Terre. O local convida para um banho de mar, já que suas praias são bacanas e a água é cristalina. Aqui há mais opções de hospedagem e restaurantes. As receitas à base de peixes e mariscos são deliciosas, assim como as típicas bruschettas. Vale subir até a um monastério capuchinho, no alto de uma montanha, onde a vista é de arrepiar. No sentido oposto, pela praia, avista-se a escultura de um gigante incrustado em uma pedra. Se a sua opção é passar apenas um dia circulando pelos vilarejos, de Monterroso é possível regressar a Pisa ou Florença ou subir para Gênova. Faça o seu roteiro e aproveite!
Fonte: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/suplementos/tur/cinque-terre-tesouro-italiano-1.1440800

Nenhum comentário: