Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

RAPIDINHAS DO BLOG...

GOVERNO QUER PAGAMENTO ANTECIPADO DE NOVAS CONCESSÕES DE AEROPORTOS
Os compradores das concessões dos próximos quatro aeroportos federais que serão leiloados em 2016 poderão ter de pagar antecipadamente toda ou parte da outorga, espécie de aluguel pela administração dos terminais. De acordo com o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, o governo definirá nas próximas semanas sobre a antecipação da outorga. Nesta quinta-feira (19), foram divulgados os estudos de viabilidade que vão basear o edital do leilão dos aeroportos de Fortaleza (CE), Salvador (BA), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS). De acordo com o ministro, as disputas estão previstas para o fim do primeiro semestre de 2016. Se o valor da outorga for antecipado, será uma grande mudança em relação ao modelo utilizado nos cinco leilões de aeroportos já realizados. Pela regra atual, o vencedor paga anualmente por 20 a 30 anos um valor fixo pela outorga, além de um percentual variável que pode chegar a 10% do faturamento. Agora, no contexto de piora acentuada nas suas contas, o governo tem tentado conseguir receitas de outras fontes, entre elas as concessões, para garantir o ajuste fiscal. Fazer o pagamento antecipado torna o custo maior para os interessados, que terão de pegar financiamento bancário para realizar a operação. Esse custo de financiamento acaba sendo repassado ao consumidor. Com o pagamento diluído ao longo do tempo, esses valores podem ser quitados com o caixa da própria empresa.

GRUPO MAPEIA GENE LIGADO À MORTE DE EPILÉPTICOS
Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Toronto (Canadá), liderada por uma neurologista brasileira, descobriu um gene associado à morte súbita em pacientes com epilepsia leve. A descoberta, segundo a médica neurologista Danielle Molinari Andrade, pode prevenir a morte de epilépticos que têm poucas crises ao ano, mas também estão sujeitos ao problema. Atualmente, cerca de 18% dos óbitos precoces de epilépticos são mortes súbitas. "Normalmente, isso acontece com epilepsias muito graves, e os casos em pacientes com poucas crises ainda são um grande mistério. Foi justamente nesse grupo que encontramos o gene", explica Andrade, que dirige o programa de epilepsia no hospital Toronto Western, ligado à universidade canadense. A mutação genética, no gene DEDPC5, foi identificada a partir do estudo de uma família com nove epilépticos e duas mortes súbitas, residente no Canadá. Em ambos os casos, os pacientes morreram precocemente, com 58 e 50 anos, sem apresentar o quadro mais grave da doença. Os dois tinham a mutação, assim como outros quatro membros da família, também epilépticos. Por isso, a condição foi apontada como fator de risco para morte súbita. Os resultados da pesquisa foram publicados na revista "Neurology Genetics", da Academia Americana de Neurologia, no mês passado.
TRATAMENTO
Para os pesquisadores, a descoberta traz o alerta de que é preciso controlar e tratar rigorosamente a epilepsia, mesmo em pacientes sem convulsões recorrentes. "Hoje, a morte não é uma preocupação para essas pessoas, tanto que algumas nem tomam remédio. Mas o problema é que quem tem epilepsia nunca sabe quando terá uma convulsão, o que pode levar à morte súbita", diz a neurologista. A pesquisa vai permitir o aconselhamento genético desses pacientes, que serão orientados sobre o risco de morrerem precocemente. "Com essa informação da mutação, nós podemos dizer: ´Olha, você tem um risco maior e eu sugiro que tome remédio todos os dias, mesmo que tenha uma ou duas crises por ano´. Assim, diminui o risco", afirma Andrade. Além disso, a pesquisa abre a perspectiva de se descobrir o mecanismo da morte súbita, que ainda permanece desconhecido. Os dois familiares mortos analisados no estudo passarão por autópsia, a fim de que se verifique se há outros fatores, inclusive genéticos, associados ao problema. Outras famílias com a mutação também serão convidadas a participar da pesquisa, para se confirmar a ocorrência da morte súbita associada a essa condição genética.


COMO FAZER BACKUP DE FOTOS E VÍDEOS DO WHATSAPP NO GOOGLE FOTOS
O WhatsApp ganhou recentemente um recurso que permite que o usuário faça backup de suas conversas no Google Drive. O recurso é útil para salvar conteúdo, mas pode contribuir para lotar o espaço de armazenamento do serviço do Google - especialmente se você recebe muitas fotos e vídeos pelo mensageiro. Uma alternativa é usar o aplicativo Google Fotos, já que ele pode fazer upload automático de qualquer pasta do sistema para a nuvem, sem se preocupar com o limite de armazenamento. Veja como fazer o procedimento em um celular Android. 
Passo 1. Instale o Google Fotos, pelo TechTudo Downloads; 
Passo 2. Abra o menu lateral e vá até “Pastas do dispositivo”; 
Passo 3. Localize as seções “WhatsApp Images” e “WhatsApp Videos” e toque no ícone de nuvem no canto superior direito da tela. Eles ficarão azuis, indicando que o Google Fotos passará a fazer backcup das suas fotos e vídeos. 
Pronto: Agora você não precisa mais se preocupar em formatar o celular, limpar conversas ou desinstalar o WhatsApp. Desde que o backup já tenha sido feito – por padrão, ele só é feito quando há conexão Wi-Fi disponível – tudo estará salvo e poderá ser acessado de outros dispositivos. 

Nenhum comentário: