Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

CITAÇÃO DO DIA

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas… Que já têm a forma do nosso corpo… E esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares… É o tempo da travessia… E se não ousarmos fazê-la… Teremos ficado… para sempre… À margem de nós mesmos…”  (Fernando Pessoa)

CHARGE DO DIA

CRUZEIRO X ATLÉTICO MINEIRO NO DIA 04-12-2011

RAPIDINHAS DO BLOG...

PROJETOS TENTAM REDUZIR PERDA DO TRABALHADOR COM O FGTS
A lucratividade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) tem despertado cada vez mais a cobiça do governo e do Congresso. Como os ganhos não são compartilhados com os cotistas, o dinheiro é visto, pelo Planalto, como fonte de recursos para financiar obras públicas. Para agradar a possíveis eleitores, os parlamentares apresentaram propostas para facilitar os saques ou melhorar a rentabilidade, que atualmente perde de longe para a inflação. Somente na Câmara dos Deputados existem mais de 200 projetos para promover algum tipo de alteração nas regras de saque ou remuneração das contas ativas de trabalhadores. As propostas vão do uso do FGTS para compra de lotes para construir a casa própria assim como para financiamento do ensino do cotista, pagamento de tributos e despesas hospitalares. Outra iniciativa sugere liberação do valor depositado para o caso de nascimento de filho ou casamento. Atualmente, o recurso pode ser sacado em circunstâncias restritas, como casos de demissão sem justa causa ou aposentadoria e para compra da casa própria. No ano passado, o lucro do fundo foi de R$ 5,4 bilhões. Mas os trabalhadores tiveram prejuízo porque as cotas do FGTS renderam apenas 3% ao ano mais a variação da Taxa Referencial (TR) - o que gerou um rendimento de 3,66%. Enquanto isso, a inflação acumulada em 2010 foi de 5,19%. Essa situação deve se repetir em 2011. Pela estimativa de Reginaldo Gonçalves, coordenador do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Santa Marcelina, este ano, se confirmada a projeção de inflação pelo IPCA de 6,5% e a remuneração de 4,29% dos depósitos do FGTS, os trabalhadores podem contar com uma perda real de 2,21%. Foi com o objetivo de reduzir as perdas do trabalhador que a senadora Marta Suplicy (PT-SP) propôs a distribuição do lucro, tendo em vista que o patrimônio líquido do FGTS cresceu 21,8% em 2008, em relação a 2007, e 9,3% em 2009, na comparação com o ano anterior. Nesse caso, pelo menos 50% do lucro seria distribuído aos cotistas do fundo. Para técnicos do governo, existe a necessidade de se negociar uma proposta para que os trabalhadores se beneficiem do elevado lucro do FGTS, porém, propõem que o limite de repasse seja de no máximo 50%. Isso seria necessário para que as políticas públicas - investimentos em habitação e saneamento básico - não percam recursos. A Força Sindical vai propor uma mesa de negociação envolvendo representantes das centrais, empresários e governo para elaboração de um projeto de lei sobre o assunto. Para o presidente da Força, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, a medida é um importante instrumento de distribuição de renda, e vai ajudar a fomentar o mercado interno. Para Jacy Afonso de Melo, representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Conselho Curador do FGTS, além da distribuição dos lucros, é preciso mudar a forma de remuneração das contas para, pelo menos, 6% ao ano mais a variação da TR, o que equipararia a rentabilidade do Fundo à da caderneta de poupança. O debate em torno da distribuição de dividendos do FGTS para o cotista deve se intensificar ainda mais nos próximos meses. A partir de junho de 2012, serão retirados da contabilidade do FGTS os registros da antecipação dos pagamentos de diferença de planos econômicos como o Verão e o Collor I. Com isso, a lucratividade do fundo será ainda maior no próximo ano. Na avaliação de alguns técnicos do governo, a mudança pode abrir espaço para uma negociação sobre distribuição de dividendos do FGTS para os cotistas.

CIENTISTAS TESTAM ROBÔ QUE OPERA CÉREBRO COM MAIS PRECISÃO
Cientistas europeus desenvolveram um robô capaz de operar o cérebro com mais precisão do que a mão humana. Os primeiros testes em bonecos se mostram promissores. O projeto Robocast permitiu elaborar um novo tipo de robô que possibilita aos médicos fazer treze movimentos em comparação com os quatro que as mãos humanas dominam em uma cirurgia cerebral pouco invasiva. Além disso, o robô permite aos cirurgiões avaliar tecidos e controlar a intensidade da pressão aplicada durante a operação. A máquina superou os primeiros testes de neurocirurgia endoscópica através de um orifício minúsculo no crânio de bonecos. Quando estiver pronto para os testes em pessoas, poderá ajudar milhões de pacientes com tumores, epilepsia o doença de Parkinson. Como os robôs são dez vezes mais estáveis que o pulso humano, esse tipo de cirurgia poderá ser feita com mais facilidade. A Comunidade Europeia diz ainda que também começaram pesquisas paralelas com o projeto Active, que empregará robôs em cirurgias de cérebro que exigem que o paciente esteja consciente. O projeto Robocast, que começou em 2008, deu seus primeiros frutos com testes satisfatórios em bonecos em 2011. Já o Active, que começou em abril deste ano, vai durar quatro anos e conta com um orçamento de 7,6 milhões de euros.


CRIADA FÓRMULA MATEMÁTICA PARA DESCOBRIR FOTOS RETOCADAS DIGITALMENTE
Um professor americano de Ciências da Informática criou com um aluno uma fórmula matemática para descobrir fotografias retocadas digitalmente, publicada na segunda-feira (28) pela revista Proceedings da National Academy of Sciences. A alteração digital de fotos publicadas nos meios de comunicação gerou recentemente controvérsia, já que a Associação Médica Americana advertiu que podem contribuir para gerar expectativas pouco realistas da imagem corporal. Para detectar essas imagens trucadas, o professor Farid Hany do Departamento de Ciências da Informática no Dartmouth College e seu aluno de doutorado Eric Kee projetaram um método que permite calcular com precisão em que medida foram retocadas. Para calculá-lo primeiro recolheram mais de 450 fotos originais e as retocadas publicadas em meios de comunicação digitais e a partir daí estabeleceram oito critérios geométricos e fotométricos comuns a todas elas. Posteriormente, combinaram todos os parâmetros em cada par de fotos, com o objetivo de determinar o grau no qual as imagens tinham sido manipuladas. Além disso, perguntaram a mais de 350 pessoas que comparassem o mesmo par de fotos e as classificassem em uma escala de 1 (muito similar) a 5 (muito diferentes). Os pesquisadores incorporaram estes resultados à fórmula para obter uma média de retoque por cada par de fotos. Os efeitos adversos a longo prazo na saúde pública de retocar de maneira inadequada as imagens publicadas levaram alguns países a considerar a identificação obrigatória para as fotos retocadas. Segundo os autores, além de como um método quantitativo para avaliar as alterações digitais de fotografias sua fórmula também pode servir como elemento de dissuasão contra o retoque extremo.

INDICADORES DO BLOG

ÍNDICE BOVESPA











BOLSAS NO MUNDO
INDICADOR
VARIAÇÃO*
DATA
CAC 40 - Paris
+0.45
29/11/2011
DAX - Frankfurt
+0.94
29/11/2011
Dow Jones
+0.69
29/11/2011
FTSE-100 Londres
+0.45
29/11/2011
H.Seng-H.Kong Exch.
+1.21
29/11/2011
IBEX 35-Madrid Stock Exch.
+0.09
29/11/2011
Nasdaq Composite Index
-0.12
29/11/2011
   
CÂMBIO
MOEDA
COMPRA(R$)
VENDA(R$)
DATA
HORA
US$ Com
1.8480
1.8500
29/11/2011
17:03
US$ Par
1.7800
1.9700
29/11/2011
16:01
US$ Tur
1.7800
1.9700
29/11/2011
16:01
US$ Médio
1.8478
1.8486
29/11/2011
13:12
Euro
2.4599
2.4624
29/11/2011
21:00
INDICADORES
INDICADOR
VALOR(R$)
VARIAÇÃO(%)
DATA
CDB Pré 30 dias CETIP
10.37
-4.33
31/08/2011
CDI Over - Andima
1.285479
+0.00
28/11/2011
Poupança 1o. dia mês seguinte
0.06450
+0.00
01/11/2011
Poupança Dia
0.56270
+0.37
29/11/2011
Taxa Juros Longo Prazo Ano
6.00
+0.00
01/10/2011
TBF - Taxa Básica Financeira Mês
0.8457
+6.85
28/11/2011
INPC % Mes IBGE
0.32
+0.00
01/10/2011
Taxa Prime (ano)
3.25
+0.00
29/11/2011
Taxa Selic Over
11.40
+0.00
29/11/2011
Libor 1M-British Pound
0.62813
+0.00
31/08/2011
   
INFLAÇÃO
INDICADOR
VALOR(R$)
VARIAÇÃO(%)
DATA
IGP-DI - Mês
0.40
+0.00
01/10/2011
IPC SP (FIPE) - Mês
0.39
+0.00
01/10/2011
IPCA (IBGE) - Mês
0.43
+0.00
01/10/2011


CINEMA NO BLOG

QUANDO PARIS ALUCINA (1964)
Paris - when it sizzles



FICHA TÉCNICA
Outros Títulos:
Deux têtes folles (França, Canadá francês)
Encuentro en París (Espanha)
Insieme a Parigi (Itália)
Zusammen in Paris (Alemanha, Austria)
Pais:
Estados Unidos
Gênero:
Comédia Romântica
Direção:
Richard Quine
Roteiro:
George Axelrod
Produção:
George Axelrod, Richard Quine
Música Original:
Nelson Riddle
Música Não Original:
Lew Spence
Fotografia:
Charles Lang
Edição:
Archie Marshek
Direção de Arte:
Jean d'Eaubonne
Guarda-Roupa:
Hubert de Givenchy, Jean Zay
Maquiagem:
Frank McCoy
Efeitos Sonoros:
Charles Grenzbach, Joseph de Bretagne
Efeitos Visuais:
Paul Lerpae
Elenco
William Holden
Richard Benson / Rick
Audrey Hepburn
Gabrielle Simpson / Gabi
Grégoire Aslan
Inspetor Gillet
Tony Curtis
Maurice / Philippe, 2º policial
Marlene Dietrich
Ela própria, entrando numa Loja de Alta Costura
Raymond Bussières
François
Christian Duvaleix
Maître
Noel Coward
Alexander Meyerheim
Orestis Ganakis
Philippe
Henri Garcin
Policial
Mel Ferrer
Apresentação de Figurinos Jekyll & Hyde

Videoclipes
  

Sinopse
Após ser contratado por Alexander Meyerheim, produtor de Hollywood, para escrever em Paris o roteiro de seu próximo filme, a um preço de US$ 5 mil/semana, Richard Benson passa quase cinco meses sem iniciar o trabalho, gastando seu dinheiro nas praias de Saint-Tropez e Antibes, em touradas na Espanha, no Cassino de Monte Carlo e com muitas garrafas de vodca. Ao tomar conhecimento que Meyerheim vai chegar à Paris dentro de dois dias para reclamar o roteiro encomendado, Benson contrata uma secretária temporária, Gabrielle Simpson, para ajudá-lo com a parte de datilografia.  Gabrielle assusta-se com o pouco tempo de que dispõem para a realização do trabalho, principalmente quando ele lhe confessa que não chegou nem a pensar  em como desenvolver a trama.  A única coisa que sabe é que o filme deverá chamar-se "A Garota Que Roubou a Torre Eiffel". Os dois começam a trabalhar.  Em menos de dez minutos, diversos roteiros são iniciados e em seguida rasgados, pois Benson não se sente satisfeito com as idéias que tem tido.  Depois que ela comenta sobre seu programa para o Dia da Bastilha, o domingo em que o roteiro deverá estar concluído, ele pega um gancho em sua história e modifica completamente a linha que vinha adotando. Ao longo do trabalho, Gabrielle vai-se identificando com a garota do filme, Gabi, ao mesmo tempo em que começa a se sentir envolvida sentimentalmente com Benson.  Ao terminarem o roteiro, na manhã do dia em que Meyerheim deverá chegar à Paris, ela se despede de Benson, lamentando que o filme não tenha tido um final feliz. Depois que Gabrielle parte, ele toma consciência de que também se sente envolvido por ela, uma bela garota bem mais nova que ele, mas que, acredita ser a pessoa ideal para dar um novo rumo à sua vida desregrada.  Assim, jogando para o alto o roteiro recém concluído, ele vai ao seu encontro, a quem propõe a feitura de um novo roteiro com final feliz.
Comentários
"Quando Paris Alucina" é um razoável remake de "La Fête à Henriette", do francês Julien Duvivier, 1952.  Realizado pelo cineasta Richard Quine, que também participou da produção, conta a história de um roteirista alcoólatra que, tendo tido um prazo de cinco meses para escrever um script, só inicia o trabalho dois dias antes da data de sua entrega. Partindo de um roteiro fraco, com algumas inconsistências, Quine nos mostra uma direção apenas mediana.  A música de Nelson Riddle é de boa qualidade.  Embora apresente algumas tomadas de pontos turísticos de Paris, como a Torre Eiffel, a colina do Sacré Coeur e o Bois de Boulogne, a fotografia de Charles Lang deixa a desejar. No elenco, o filme basicamente se resume à bela e talentosa Audrey Hepburn e ao também talentoso William Holden, que já haviam trabalhado juntos em "Sabrina", dez anos antes, filme incomparavelmente melhor que este.  Em pequenas participações, "Quando Paris Alucina" conta com atores do porte de Marlene Dietrich (cuja atuação se resume a saltar de um automóvel de luxo e entrar na Mansão Dior), Tony Curtis e Mel Ferrer (na época, marido de Audrey na vida real).

Fonte: 70 anos de cinema

TURISMO NO BLOG

CARAÍVA - BRASIL

Contexto

A cerca de 65 km de Porto Seguro, Caraíva é uma vila de pescadores com turismo jovem. Na parte mais cheia da praia, há quiosques e bares (alguns com música eletrônica), que durante a temporada abrigam grande parte do agito. Mas uma breve caminhada, para sul ou norte, leva a praias extensas e praticamente desertas. Fora das areias, o rio Caraíva tem passeios de caiaque pelos mangues, descida de bóia na maré vazante ou um simples mergulho. Como há pouca eletricidade e muita natureza, o céu à noite é um dos espetáculos gratuitos de Caraíva. Dá para dizer que existem duas Caraívas: uma bastante agitada, cheia de jovens em férias (de verão ou inverno) e outra fora de temporada, época em que a pacata vila de pescadores recebe poucos turistas. Na alta temporada, quando a noite cai, o burburinho toma conta da rua que beira o rio, perto da entrada de Caraíva. Mas o principal destino dos baladeiros é mesmo o forró, com turistas e locais dividindo as pistas e os passos. Nos arredores, merece atenção a praia do Espelho, um dos lugares mais bonitos da região, de infra-estrutura sofisticada e por isso (bem) mais cara que a de Caraíva. Para o outro lado, a pequena aldeia de pescadores de Corumbau, com manguezais e um enorme farol, e a praia do Satú são também bons passeios.

Onde comer

Caraíva tem uma boa variedade de restaurantes, que sevem de moquecas e peixes caprichados, a preços bons (entre R$60 e R$70), a justos PF´s. Na praia, queijo coalho e acarajé (R$3). Perto da igrejinha, a Pizza do Guga tem serviço de rodízio e à la carte. Na trilha sonora, Reggae e MPB. Pizza do Guga. tel.: 73 -9999-0394 O nome já diz tudo e o Bar da Praia é, como se diz lá, “pé na areia” e fica na parte mais badalada de Caraíva. Serve moquecas, peixes e outras refeições. O simples e simpático Boteco do Pará (na beira do rio, próximo à praia) tem pratos feitos e cerveja gelada. Durante a temporada, o lugar costuma lotar no final da tarde.

Divirta-se

No começo da noite, a Pousada Lagoa reúne turistas de todo tipo para beber, petiscar e se conhecer: as mesas são grandes e coletivas. Mais tarde, o agito fica em função do forró do Ouriço e quem não estiver em dia com o gingado não precisa se preocupar, já que nativos e turistas experimentados são instrutores prestativos. Durante a temporada e em noites de lua cheia acontecem luaus na beira do rio e forró na praia. Pousada Lagoa. tel.: 73 -9985-6863; www.lagoacaraiva.com.br
Forró do Ouriço. www.forrodoourico.com.br Na praia de Barra Velha, fica a aldeia pataxó, onde índios (bastante receptivos e acostumados com os turistas) vendem colares e cestos. O lugar faz parte do Parque Nacional de Monte Pascoal.

Onde Ficar

A Pousada Lagoa tem apartamentos e bangalôs voltados para uma pequena lagoa e, na entrada, um restaurante-bar que costuma encher no começo da noite. Entre os luxos (raros em Caraíva) que ela oferece, há heliponto, internet, serviço bilíngüe, além de passeios de barco e cavalo pela região. Não tem ar condicionado, apenas ventilador. Pousada Lagoa. tel.: 73 -9985-6862; www.lagoacaraiva.com.br. R$150 o apartamento fora de temporada. Mais ao sul, a Vila do Mar tem apartamentos completos e um bangalô luxuoso (suíte máster), com vista para o mar. A pousada ainda tem piscina, deck de frente para a praia, banheira de hidromassagem e sala de ginástica. Pousada Vila do Mar. tel.: 73 -3668-5111; www.pousadaviladomar.com.br. R$150-R$300 para o casal na baixa temporada. No encontro das águas do rio com o mar, a Pousada da Barra tem apartamentos, bangalôs e uma casa (com sala e DVD) – todos com varanda própria e de frente para praia. Pousada da Barra. tel.: 73 -9985-4302; www.caraiva.com R$35-R$150 por pessoa. O camping fica na entrada da cidade e é só achar uma sombrinha e montar a barraca. Banho, apenas de água fria. Camping Caraíva. tel.: 73 -9993-9087; www.campingcaraiva.com.br. R$10-R$20 por pessoa.

Quem leva

A Auroraeco tem um roteiro sofisticado de trekking pelo sul da Bahia, que passa por Trancoso, Praia do Espelho e Corumbau. Outra opção é biking, passando por Arraial D´Ajuda, Trancoso e Corumbau. Auroraeco. tel.: 11-3086-1731..

Arredores

A praia do Espelho (o nome original é Curuípe) ganha o título de “uma das dez mais bonitas do Brasil” praticamente todo ano. De Caraíva, dá para chegar caminhando até o Espelho – e pela praia. Lembre-se: garrafinha d´água, protetor solar e pés calçados. Outra opção é ir de barco. O passeio não sai caro nem demora muito e tem uma vista deslumbrante do mar.  Outro passeio é até a Ponta do Corumbau, ao sul. De Caraíva, é possível tomar um bugue que vai pela praia até o rio Corumbau. Ali, canoas levam à outra margem.

Informações Úteis

Como chegar
Pela BR-101 existem dois acessos até Caraíva: por Itabela ou Monte Pascoal. Monte Pascoal é mais rápido (45 minutos) e a estrada, melhor. De qualquer forma, prepare-se para agüentar os buracos e a poeira. Chegando em Caraíva, é preciso deixar o carro no estacionamento para atravessar o rio.
De ônibus, há saídas para Caraíva de Eunápolis, Itabela, Arrial e Trancoso.

Fonte: Copyright (c) TIME OUT 2011

CIRCULA NA INTERNET

ORGULHO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA: REMÉDIO HÍBRIDO! 


IMAGEM DO DIA

Uma bela imagem na minha amada e bela Praia de Tibau (do Norte) - RN - Brasil

PIADA DO BLOG

DINHEIRO ÚMIDO

A vendedora diz à  senhora cliente da loja:
- Desculpe-me, senhora, mas seu dinheiro está um pouco úmido.
A senhora responde:
- É que meu marido chorou muito quando me deu.

TEXTO DO BLOG

DILMA VERSUS ALIADOS

por Ruy Fabiano*

Antes mesmo que se conheça a extensão da reforma ministerial anunciada para janeiro, já se constata um ambiente de alvoroço na base governista. E não sem razão: o que se anuncia é que a presidente quer pôr fim ao loteamento de cargos no governo.
Não é previsível que o consiga, não pelo menos numa dimensão significativa. A maioria governista estabeleceu-se sobre bases fisiológicas e é improvável que mantenha seu apoio, imprescindível para a governabilidade, sob outras condições.
Segundo uma fonte governista, Dilma pretende reduzir o número de pastas. Algumas virariam secretarias, outras seriam agregadas a outros ministérios e outras ainda seriam simplesmente extintas.
Esse enxugamento, como é óbvio, resultará em economia para o tesouro, além de maior eficácia operacional.  É uma ousadia que Lula, com toda a sua popularidade, não teve. E é tudo o que o país quer e seguramente agregará apoio de opinião pública. Ocorre que a chamada realpolitik não funciona assim. Não basta ter a opinião pública. Ela é volúvel e tende a mudar de lado em face dos resultados. Sem maioria, como torná-los positivos? É claro que a presidente tem ciência disso.
Se, mesmo assim, vai adiante, é porque tem alguma carta na manga. É aparentemente o que ocorre. Ela tem procurado abrir brechas na oposição. Além da proximidade com Fernando Henrique Cardoso, em quem tem hoje um conselheiro e amigo, cultiva relações no eclético PSD.
Gilberto Carvalho, ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência – e um dos cérebros da reforma –, chegou a oferecer a um prócer do PSD um ministério, recusado, embora não em termos categóricos. Há jogo.
O PSD é hoje a quarta força do Congresso, podendo vir a ser a terceira. Perde apenas para PT, PMDB e PSDB. Tornou-se peça importante na formação de maiorias.
É significativo que Dilma tenha assimilado as postulações da bancada ruralista quanto ao Código Florestal, que deverá ser votado na próxima semana no Senado.
Alguns figurões do PSD, como a senadora Kátia Abreu, integram o partido e já se mostraram dispostos a colaborar com o governo naquilo que não fira o ideário partidário, que se resume na defesa da economia de mercado e no Estado democrático de Direito.
Não é difícil conciliar esses compromissos com a agenda governamental, até porque estão postos no plano das generalidades, e o que está em jogo é um amplo varejo.
Dilma sabe que não conta com a oposição conservadora para, por exemplo, criar um novo imposto para a saúde. Mas conta em outras iniciativas, como a própria reforma ministerial.
Se é essa, como tudo indica, a operação que pretende, não há dúvida de que é um jogo arriscado, além de trabalhoso, que fará de cada votação no Congresso uma operação estressante.
Mas é a única maneira de reduzir a taxa de perversão do presidencialismo de coalizão, que resultou em loteamento do Estado, com os resultados já conhecidos. Dilma sabe que a bola da vez será o ministério que se quiser investigar. Basta sortear um e o círculo vicioso constatado nos anteriores lá estará reproduzido.
Ao decidir manter no Ministério do Trabalho o trabalhoso Carlos Lupi, a presidente apenas adiou sua saída. Se o tirasse agora, seu partido, o PDT, reivindicaria o cargo e manteria, na essência, o sistema de sucção de recursos.
Tirando-o na reforma de janeiro, nomeará seu sucessor dentro dos novos critérios de preenchimento de cargos, que não contempla compromissos partidários.
A presidente trouxe para si um imenso desafio, que, se de um lado preocupa seu partido, o PT, de outro o anima a se apossar definitivamente do governo. Há, portanto, uma queda de braço com os partidos aliados, e outra com o próprio PT. Haja tensão.
Até aqui, não se sabe o que pensa a respeito o vice-presidente Michel Temer, que não é exatamente um crítico do fisiologismo. Seu silêncio tem sido eloquente.

(*) Ruy Fabiano é jornalista

terça-feira, 29 de novembro de 2011

CITAÇÃO DO DIA

“A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.”  (Ralph Waldo Emerson)

CHARGE DO DIA

RAPIDINHAS DO BLOG...

AUMENTO DO MÍNIMO INJETA R$ 64 BI NA ECONOMIA E DÁ FÔLEGO AO PIB EM 2012
O reajuste de 14,3% no valor do salário mínimo, que passa dos atuais R$ 545 para R$ 622,73 em janeiro, deverá injetar cerca de R$ 64 bilhões na economia brasileira em 2012. A destinação desses recursos para consumo ou pagamento de dívidas tende a acelerar os negócios e permitir que o Produto Interno Bruto (PIB) volte a crescer no primeiro trimestre do ano que vem, depois de ficar praticamente estagnado ao longo do segundo semestre de 2011.   "Nossa estimativa é de que o PIB brasileiro volte a crescer em um ritmo de 0,8% no primeiro trimestre de 2012, principalmente por causa do impulso dado pelo salário mínimo em um período que tradicionalmente é fraco", diz o economista-chefe da LCA Consultores, Bráulio Borges, autor do estudo sobre o impacto do aumento do mínimo no crescimento econômico do País. Nesse cenário, o aumento do mínimo em 2012 passa de vilão a mocinho. No lugar de dar mais combustível à escalada da inflação, como criticavam economistas e empresários, essa montanha de dinheiro passou a ser bem vinda para reacelerar a economia brasileira. "Se isso viesse num momento de atividade econômica excitada, promoveria muita preocupação", diz Paulo Francini, diretor da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). "Porém, vem em um momento em que a economia dá sinais de redução e queda até maiores que o previsto". Impacto. Nos cálculos da LCA, o ganho real de 7,5% do salário mínimo deverá agregar 0,3 ponto porcentual ao crescimento do consumo das famílias, componente que responde por 60% do PIB brasileiro sob a ótica da demanda. Assim, o reajuste do mínimo agregaria 0,2 ponto porcentual ao crescimento do PIB como um todo no ano que vem. O economista explica que o impacto relativamente pequeno sobre o PIB acontece porque a massa de rendimentos da economia vinculados ao salário mínimo (somando rendas do trabalho, previdenciária e assistencial) é de "apenas" 22% da massa total brasileira. O aumento real de 7,5% deverá beneficiar cerca de 66 milhões de pessoas, o que representa 46% da população que recebe algum rendimento no País. Além de aposentados e pensionistas que recebem um salário mínimo, o cálculo inclui ocupados com rendimento de até 1,5 salário mínimo e beneficiários da Lei Orgânica Social (LOAS) e do Renda Mensal Vitalícia, também atrelados ao salário mínimo. Mas a participação da massa de rendimentos vinculados ao mínimo muda bastante dependendo da região. No Norte, ela é de 29% e, no Nordeste, de 37%. Já no Centro-oeste é de 19%, enquanto no Sudeste e no Sul fica em 17% e 18%, nessa ordem.

AMBIENTE FOI CRUCIAL PARA EVOLUÇÃO DA VIDA MARINHA
Um novo estudo, publicado na Science, mostra que a evolução da vida marinha nos últimos 500 milhões de anos foi conduzida tanto pela condições químicas do oceano quanto pelas mudanças no nível do mar. O período estudado cobre a maior parte do fanerozoico, que dura até o presente e inclui a evolução da maior parte das formas de vida, tanto de plantas como de animais. Os autores cruzaram informações de dados de fósseis, do ambiente e de rochas para chegar a informações sobre clima, movimentos tectônicos, inundações nos continentes e mudanças na biogeoquímica, particularmente com respeito aos ciclos do oxigênio, carbono e enxofre. O método usado permitiu identificar uma relação causal - e não apenas associações - entre diversidade e registros ambientais. "Descobrimos uma rede interessante de conexões entre esses diferentes sistemas que se combinam para conduzir o que vemos nos registros fósseis", dizem os autores. "O sinal dos níveis do mar, quanto os continentes estavam cobertos, levam a dados da história da diversidade marinha animal", exemplificam. As mudanças dramáticas na biodiversidade vistas nos registros fósseis ao longo do tempo - incluindo proliferações e extinções enquanto os animais se diversificavam, evoluíam e migravam para terra - aumentaram pelas respostas biológicas a mudanças nos ciclos de carbono e enxofre e níveis do mar através das eras geológicas. A força dessa interação também mostra que os registros fósseis, apesar de sua incompletude e da influência das amostras, são uma boa representação da biodiversidade marinha nos últimos 500 milhões de anos. "Os resultados mostram que o número de espécies nos oceanos ao longo do tempo foi influenciado pela quantidade e disponibilidade de carbono, oxigênio e enxofre, e pelo nível do mar", dizem os autores. "O estudo permite compreender melhor como mudanças modernas no meio ambiente podem afetar a biodiversidade hoje e no futuro", concluem.

A FESTA DO DIGITAL
A terceira edição do Fórum de Cultura Digital será realizado nos próximos dias 02 a 04 de dezembro, e desta vez será realizado no Rio de Janeiro. O evento, que agora passa a se chamar Festival CulturaDigital.Br, é o maior da área no País e funciona como um encontro de grupos que discutem e pensam cultura digital no Brasil e no mundo. De teorias de redes a moedas alternativas, como o BitCoin, passando por encontros hackers e discussões sobre políticas públicas, o Festival é um lugar físico para que as pessoas que já estão conectadas em rede tenham uma chance de discutir também pessoalmente. Seguindo o costume, o anfitrião do evento será o músico Gilberto Gil, ex-ministro da Cultura (2003-2008) e o responsável por tornar o meio digital uma das diretrizes culturais no País. Gil mediará o debate inicial na sexta-feira com Yoachai Benkler, intelectutal da Universidade de Stanford. O Festival será realizado no Museu de Arte Moderna, no Rio. É a primeira vez que ele sai de São Paulo – e, daqui para frente, a ideia é manter o nomadismo. O evento deve manter os moldes da edição anterior, que foi realizada no espaço da Cinemateca, com lounge, laboratório de gambiarras eletrônicas e experimentações visuais. No sábado, estão programadas palestras de Michel Bauwens, fundador da P2P Foundation e pesquisador da área de produção de pares, governança e propriedade, e de Kenneth Goldsmith, fundador do repositório de arte online Ubuweb. No dia seguinte haverá a participação do escritor Paulo Coelho – por videoconferência – e de Philippe Aigrain, CEO da Sopinspace, Sociedade pelos Espaços de Informação Pública, empresa de softwares gratuitos que promovem a democracia na internet. As palestras principais são só um dos braços do encontro. Um dos eventos mais legais é a apresentação de projetos – batizada de Mostra de Experiências. Estarão no Rio, por exemplo, o Chokepoint Project, projeto que mapeia os nós que controlam a web, e o Deleted City, projeto de arqueologia digital da Holanda. A lista é imensa e contempla grupos do Brasil, Grécia, Guatemala, EUA e China. O Festival ainda traz artistas visuais, realiza um encontro de redes (como o pessoal do Transparência Hackday, que irá para lá na primeira viagem do Ônibus Hacker e o coletivo Fora do Eixo) e promove debates sobre tecnologias sociais. “Neste ano o caráter celebratório se acentua”, diz Rodrigo Savazoni, coordenador do Festival. “Nas edições anteriores ainda havia muito a ideia de formular e apontar caminhos para as políticas culturais. Isso ainda acontece, mas agora a ideia é que as pessoas celebrem e troquem ideias”. Savazoni lembra o paradoxo que aconteceu na cultura digital no País. Ao mesmo tempo que o berço dos projetos e principal apoiador, o Ministério da Cultura, deixou as políticas de lado, houve um fortalecimento dos grupos que fazem e pensam cultura digital no País. E eles estarão todos no Rio no próximo final de semana. O evento é gratuito e será transmitido pela internet.

RÁPIDAS & CURTAS DO BORJÃO:

# ENCONTRO DOS EX-ALUNOS DO COLÉGIO DIOCESANO DE SANTA LUZIA – O amigo e conterrâneo José Wilson Rebouças informa que o encontro dos ex-alunos do Colégio Diocesano de Santa Luzia de Mossoró-RN, será realizado no próximo dia 10 de dezembro com uma missa na Capela do Diocesano e após iremos ao Tenda Restaurante para os comes e bebes. Neste ano teremos a presença internacional, Made In U.S.A, do colega Aníbal Mota Jr que reside há muitos anos em Louisville – Kentucky. Daqui de Fortaleza estamos agendando os colegas Hipólito Monte, Eduardo Marques, Herbert Vieira, o mano Miguel Borges, Levi Moura Barros e muitos outros para a devida participação. A minha presença ficará na dependência da revisão do meu “Marcapasso” prevista para os dias 07 a 09 de dezembro.

# POSSE NA ACADEMIA MOSSOROENSE DE LETRAS – AMOL – O amigo e conterrâneo Paulo Eduardo Fernandes de Negreiros, assumiu a Cadeira de nº 27 da Academia Mossoroense de Letras na sessão solene de posse da nova diretoria, que foi realizada no dia 25 de novembro, às 19:00 h, na Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte. Filho do jornalista e empresário Rafael  Bruno Fernandes de Negreiros, o médico Paulo Negreiros segue os passos do pai, falecido em 1994, e ingressa no mundo da literatura com o lançamento do livro que resgata a produção literária do jornalista potiguar. Profissional respeitado no ramo da medicina, onde atua há 36 anos, Paulo Negreiros busca agora novos caminhos, ocupa agora a cadeira de número 27 na Academia Mossoroense de Letras (Amol), espaço que já foi ocupado por seu pai. O médico/escritor lançou no evento seu trabalho de introdução na literatura: "Um livro sobre Rafael Negreiros", e revela ainda que pretende fazer parte, novamente, da imprensa escrita mossoroense.  Paulo Negreiros contou com a ajuda de vários amigos familiares e outros colaboradores na elaboração do livro com 373 páginas sobre seu pai. O livro de Paulo Negreiros vai ficar disponível no Abrigo dos Idosos e terá renda para aquela instituição. Quem desejar adquiri-lo poderá procurar a Sra. Edy Moura ou a sede do Abrigo para fazer a aquisição.

# O QUE FALAM DO BLOG DO BORJÃO – O amigo e conterrâneo “web leitor” assíduo do Blog, Levi Moura Barros, postou o seguinte comentário no tópico: NOTÍCIA DA HORA, publicado em 08/11/2011: Amigo Borjão Como mossoroense apaixonado que sou, fico felicíssimo com esta noticia, de fácil constatação: é só passar um ano sem lá ir, como aconteceu comigo, para ser surpreendido com o ritmo de crescimento da terrinha. E, claro, parabenizar as autoridades locais (espero que as do estado finalmente ajudem, afinal tambem são da terra) que ao longo dos últimos anos tem trabalhado de forma elogiável, principalmente quando se tem distanciamento crítico. Um abraço Levi” - 8 de novembro de 2011 14:02

#FILOSOFIA DE BOTECO MADE IN “RABISCOS DO SAMUEL”- (http://rabiscosdosamueljunior.blogspot.com/): E na parede do banheiro do bar estava rabiscado: Favor não entupir o vaso sanitário, pois a mão que desentope é a mesma que prepara o seu tira-gosto. Assina a direção.