Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

BRONCA DO BORJÃO

Presidente Dilma Rousseff não há necessidade no seu Governo criar mais um "Imposto" para a saúde no Brasil. Basta apenas Vossa Excelência reduzir algumas despesas como: Propagandas na mídia, repasses financeiros aos políticos, viagens, treinamento, etc. Falo em reduzir e não excluir. Tenho plena certeza que daí surgirá uma boa "grana" para a saúde desse nosso sofrido Brasil, sem a necessidade de tirar do bolso do cidadão que já é bastante onerado com a sobrecarga tributária aplicada em nosso País. (Ricardo Borges, o Borjão - Cidadão Brasileiro)

CITAÇÃO DO DIA

“São necessários 60 anos e não nove meses para fazer um homem.” (André Malraux (1901-1976), escritor francês).

CHARGE DO DIA

RAPIDINHAS DO BLOG...

USO DO CHEQUE ESPECIAL BATE RECORDE EM AGOSTO, MOSTRA BC
Os brasileiros nunca usaram tanto o cheque especial como agora. Mesmo sendo uma das modalidades mais caras – só perdendo para o cartão de crédito –, a concessão de crédito por meio desta modalidade registrou recorde no mês de agosto, ao atingir R$ 27,319 bilhões. De acordo com a Nota de Política Monetária e Operações de Crédito, divulgada pelo Banco Central, a concessão foi 10,3% maior no oitavo mês do ano do que em julho (R$ 24,768 bilhões) e 18,09% maior do que a registrada em agosto de 2010, quando os brasileiros usaram R$ 23,134 bilhões de crédito no cheque especial. Entretanto, a forte procura pela modalidade não é justificada pela taxa de juros, que, apesar de ter registrado leve queda entre julho e agosto (de 9,22% ao mês – equivalentes a 188% ao ano - para 9,20% ao mês ou 187,5% ao ano), é uma das mais altas do mercado. Segundo o especialista da MoneyFit, Antonio De Julio, o cheque especial é muito utilizado pelo brasileiro por ser uma modalidade de crédito que já está disponível na conta-corrente e pode ser utilizada sem necessidade de novas comprovações de renda ou outro tipo de análise. “Mas este é um grande erro, porque, quanto mais fácil o crédito, mais caro ele é”, afirma De Julio. Ele ressalta que  é comum que os brasileiros utilizem o cheque especial já como parte do salário mensal. “As pessoas erroneamente fazem isso e acabam se endividando a curto e médio prazo”, alerta. De acordo com o Banco Central, a inadimplência no cheque especial caiu no mês passado. Segundo o BC, as dívidas vencidas entre 15 e 90 dias passaram de 4,9% do total em julho para 4,4% no mês de agosto. Na comparação com o mesmo mês de 2010, entretanto, quando a inadimplência desta modalidade estava em 3,9%, houve alta. De acordo com o especialista, a melhor maneira de evitar a inadimplência é procurar por modalidades de créditos mais baratas, como o crédito pessoal, e procurar equalizar as finanças. “É preciso cortar gastos ou então dar um jeito de conseguir ganhar mais dinheiro", diz. “O cliente também pode optar por renegociar a dívida com o banco ou fazer um empréstimo com juros menores. Mas é preciso ter consciência de que o dinheiro do empréstimo é para quitar as dívidas e não para comprar coisas novas”, conclui.

CHEIRO DA FRUTA É AFRODISÍACO PARA MOSCAS, DIZ PESQUISA
Uma equipe internacional de cientistas descobriu que os aromas das frutas, que contêm ácido fenilacético, ativam nas moscas macho um receptor molecular que serve para estimular seu apetite sexual, informou o CNRS (Centro Nacional de Pesquisas Científicas da França). Cheiros como o do mel, das frutas e das flores ativam o receptor molecular olfativo Ir84a, situado entre as antenas dos machos das moscas-das-frutas (drosophila melanogaster), revela a pesquisa elaborada pela Universidade da Borgonha (França), Universidade de Lausanne (Suíça) e uma equipe britânica de Cambridge. "A percepção do perfume pelo receptor acaba por ativar 30 neurônios específicos que aciona um circuito neuronal específico, gerando uma sobre-excitação sexual da mosca macho", explica o CNRS. O receptor Ir84a "mantém os neurônios sensoriais ativos de maneira permanente, inclusive sem o cheiro, para que as moscas macho possam formar um casal potencial", afirmam os pesquisadores. Por outro lado, se "a expressão do receptor for suprimida, a atividade sexual das moscas diminui sensivelmente, com ou sem cheiro", completam. "Trabalhos suplementares permitirão descobrir eventualmente mecanismos similares entre outras espécies animais", acrescenta o CNRS francês.

EUA SÃO O MAIOR ALVO E O MAIOR PRODUTOR DE CRIME ELETRÔNICO
Os Estados Unidos são o país mais afetado pelo crime eletrônico e também a maior fonte de ataques, devido à sua infraestrutura tecnológica que serve de base para cibercriminosos do mundo todo. Assim explicou à agência Efe um especialista no assunto, o chefe da Divisão de Crime Econômico do Conselho da Europa, Alexander Seger, que participou nesta semana do Fórum de Governança da Internet da ONU realizado em Nairóbi. "Quanto mais um país utiliza a rede, mais é afetado pelo crime eletrônico", afirma. O especialista informou que em todos os países os usuários de internet estão suscetíveis a ataques devido à intensa relação do ser humano com a rede: "Quase tudo o que fazemos hoje em dia está relacionado aos sistemas de computação". Uma das maiores dificuldades para abordar esse tipo de crime deve-se ao caráter internacional e à estrutura cada vez mais organizada, apontou Seger. Nesse contexto, a "principal ferramenta" dos cibercriminosos são os "botnets", redes de computadores infectados por malware controlado por criminosos que servem tanto para roubar informações quanto para lançar novos ataques. Seger, organizador da Convenção de Budapeste de Crime Eletrônico do Conselho da Europa, está no Fórum de Governança da internet da ONU para convencer novos países a aderirem a esse convênio que completa dez anos em 23 de novembro. O objetivo dessa iniciativa, na qual já participam 55 países, é que os Estados classifiquem como crime esse tipo de ataque à rede, que reforcem suas ferramentas legais e policiais para lutar contra o crime eletrônico e cooperem com outros países para localizar os criminosos e acabar com as ameaças. O especialista considera que essa convenção também será importante para a formação de unidades de pesquisa tecnológica na África e na América Latina.

RÁPIDAS & CURTAS DO BORJÃO:

# MORRE NOS EUA WILSON GREATBATCH, INVENTOR DO MARCAPASSO - O homem que inventou o marcapasso há mais de meio século, o americano Wilson Greatbatch, morreu na terça-feira (27) na cidade de Buffalo, em Nova York, aos 92 anos de idade. Thomas J. Hook, presidente da companhia Greatbatch Inc., fundada pelo inventor, emitiu um comunicado para informar de sua morte, que aconteceu no centro assistencial onde viveu nos últimos anos. Engenheiro de formação, Greatbatch recebeu ao longo de sua vida mais de 150 patentes, entre elas a do marcapasso, que foi implantado pela primeira vez com sucesso em um ser humano no início da década de 1960. Em 1970, fundou a empresa Wilson Greatbatch Ltd., chamada agora Greatbatch Inc., para fabricar baterias para os marcapassos.

# MINISTRA PAGA O PREÇO DE NÃO TEMER A CORAGEM - A ministra Eliana Calmon, do Superior Tribunal de Justiça, paga preço alto por não ter medo de ter coragem. Como corregedora nacional de Justiça, sabe o que diz, por isso advertiu para a infiltração de bandidos na magistratura. Não generalizou, muito pelo contrário. Em vez de virar alvo de corporativismo anacrônico, ela merecia a proteção de sua entidade de classe e a solidariedade do Conselho Nacional de Justiça. (por Claudio Humberto)

# MINISTRO DIZ QUE BRASIL SERÁ UM DOS MAIORES PRODUTORES DE PESCADO -  O ministro Luiz Sérgio Oliveira (Pesca e Aquicultura) afirmou que o Brasil será um dos maiores produtores mundiais de pescado. “Somos o único país que tem 13% de água doce. Isso é um grande beneficio”, disse. Segundo o ministro, o setor tem uma função importante na erradicação da pobreza. “A pesca proporciona para a população brasileira uma forma de gerar renda tanto para o pescador quanto para o setor industrial. Já conseguimos produzir 1,2 milhão de toneladas de pescado no país e mais de 30 milhões de pessoas saíram da miséria, principalmente com a venda de peixes”, afirmou. De acordo com ele, o Ceará é o estado brasileiro que mais produz e consome pescado no país.

# NUNCA PARE DE PENSAR - Se existe uma coisa cruel na vida da gente, é ficar de braços cruzados esperando que as coisas se resolvam. Isto cria na mente uma paralisia tão aguda que nos leva a viver várias tempestades mentais, distúrbios que geram um estresse gigantesco. Quando paramos de pensar, deixamos de oxigenar nossas idéias, ficamos sem rumo, sem ter a menor chance de empreender qualquer tipo mudança, ou seja, tornamo-nos analfabetos da vida. Quando isso acontece, esquecemos de mudar o nosso presente e o nosso futuro. O pensamento precisa ser exercitado todos os dias e todas as horas. Jamais deixe de usar este instrumento maravilhoso que é a sua mente. Ele é rico, poderoso, prodigioso e consegue transformar tudo à sua volta. Basta você querer! (Rivalcir Liberato).

INDICADORES DO BLOG

ÍNDICE BOVESPA
+0,21
Fech. Atual: 53.384 pts – 29-09-2011 – 18:00 hs -  Fech. Anterior: 53.270 pts

BOLSAS NO MUNDO
INDICADOR
VARIAÇÃO*
DATA
CAC 40 - Paris
+1.06
29/09/2011
DAX - Frankfurt
+1.09
29/09/2011
Dow Jones
+1.30
29/09/2011
FTSE-100 Londres
-0.39
29/09/2011
H.Seng-H.Kong Exch.
+0.00
29/09/2011
IBEX 35-Madrid Stock Exch.
+1.32
29/09/2011
Nasdaq Composite Index
-0.43
29/09/2011

CÂMBIO
MOEDA
COMPRA(R$)
VENDA(R$)
DATA
HORA
US$ Com
1.8420
1.8440
29/09/2011
17:03
US$ Par
1.7600
1.9500
29/09/2011
16:00
US$ Tur
1.7600
1.9500
29/09/2011
16:00
US$ Médio
1.8283
1.8291
29/09/2011
13:25
Euro
2.5006
2.5031
29/09/2011
21:30
      
INDICADORES
INDICADOR
VALOR(R$)
VARIAÇÃO(%)
DATA
CDB Pré 30 dias CETIP
10.37
-4.33
31/08/2011
CDI Over - Andima
1.339880
+0.00
28/09/2011
Poupança 1o. dia mês seguinte
0.60080
+0.00
01/08/2011
Poupança Dia
0.63000
-4.63
29/09/2011
Taxa Juros Longo Prazo Ano
6.00
+0.00
01/07/2011
TBF - Taxa Básica Financeira Mês
0.9089
-4.69
28/09/2011
INPC % Mes IBGE
0.42
+0.00
31/08/2011
Taxa Prime (ano)
3.25
+0.00
29/09/2011
Taxa Selic Over
11.90
+0.00
29/09/2011
Libor 1M-British Pound
0.62813
+0.00
31/08/2011
       
INFLAÇÃO
INDICADOR
VALOR(R$)
VARIAÇÃO(%)
DATA
IGP-DI - Mês
0.61
+0.00
31/08/2011
IPC SP (FIPE) - Mês
0.22
+0.00
26/09/2011
IPCA (IBGE) - Mês
0.37
+0.00
31/08/2011
 

ARTE NO BLOG

A ARTE DE CLAUDE MONET – PARTE 03
por Maria Helena Rubinato Rodrigues de Sousa

  Pintura: A ponte japonesa, harmonia em rosa
  
Alice, tendo recebido a notícia do falecimento de seu marido, casa-se com Claude. É dessa época a série “Catedrais de Rouen”, famosa por ser a primeira vez em que uma construção é pintada nos mais variados horários e de ângulos diferentes. São 20 telas de um valor inestimável, instigantes, sobretudo pelo que significam como estudo da forma e da cor que se transformam segundo a incidência da luz. Entre 1883 e 1908, ele viaja, vai para as praias do Mediterrâneo, onde pinta belas paisagens; em Veneza faz uma série de belos quadros e em Londres duas de suas obras mais conhecidas: as Casas do Parlamento e a Ponte de Charing Cross.

Mas os jardins e a paisagem de sua querida Normandia ainda eram o que mais amava. Renoir chegou a retratar o amigo pintando um jardim em Argenteuil (imagem à esquerda). Pouco a pouco, porém, Monet passou a pintar quase que exclusivamente seu jardim. Os amigos que viram Monet pintando, com o cavalete armado no jardim, deixaram depoimentos sobre a admiração que sentiam pelo modo como ele, com gestos muito rápidos e uma precisão na escolha das cores, em absoluta concentração, reproduzia a luz e seu efeito na natureza. “Essas telas eu as pintei como os monges de outrora iluminavam seus missais; o silêncio e a solidão é que são os responsáveis por elas, uma atenção fervorosa, exclusiva, próxima da hipnose », ele escreveu para um amigo. Dava preferência aos dias do outono, porque nessa época as flores caiam sobre o lago criando uma visão que maravilhava o artista. E que ele captou em suas obras. Hoje mostramos a imagem da Ponte Japonesa sobre o pequeno lago, com os nenúfares formando o que o próprio artista chamou de Harmonia em Rosa.

Fonte: Acervo National Gallery of Art, Washington, D.C

RECEITA DO BLOG

LAGOSTIM E FOLHA DE ARROZ RECHEADA
Cozinha Gourmet


INGREDIENTES PARA 04 PORÇÕES

10 lagostins limpos;
1 col. (chá) de sal;
7 col. (sopa) de azeite;
1 col. (chá) de wasabi;
2 xíc. de salada de folhas picadas;
8 folhas de hortelã;
4 folhas de papel de arroz;
400 g de cascas de lagostim limpas;
1 col. (chá) de Flor de Sal da Cimsal;
Endro.

MODO DE PREPARO

Pique 6 lagostins. Tempere com sal. Aqueça 3 col. (sopa) de azeite em frigideira. Doure todos os lagostins. Tire os inteiros. Reserve. Incorpore à frigideira wasabi, salada e hortelã. Reserve. Hidrate folhas de papel (uma por vez) em assadeira maior que elas com água até amaciarem. Abra folhas. Ponha recheio e faça rolinhos. Reserve. Numa panela, frite bem cascas dos lagostins no azeite restante. Ao secarem, junte 1 litro de água e Flor de Sal da Cimsal. Cozinhe 1 hora e processe. Coe em pano. Aperte para tirar caldo, aparando em panela. Cozinhe até reduzir à metade. Sirva com rolinhos e lagostins reservados. Endro decora.

CIRCULA NA INTERNET

QUANDO SURGE O ALVIVERDE IMPOTENTE


IMAGEM DO DIA


Uma paisagem belíssima vista da Serra da Meruoca – CE, clicada por Marcus Vinicius 

PIADA DO BLOG

BOTA CIÚME NISSO

A mãe pede ao filho para ligar ao pai, no celular, avisando a hora do jantar.
- E aí? O que ele disse? Já vem?
- Já liguei três vezes, mãe, mas quem sempre atende é uma mulher.
- Deixa comigo! Aquele cachorro vai ver, quando chegar em casa!
Mal o pai aparece na frente da casa, a mãe parte prá cima dele e lhe aplica a maior surra, com tudo o que encontra à disposição: cabo de vassoura, frigideira, tampa de panela, guarda-chuva, urinol, rolo de massa, martelo, cadeira, sapato, tudo, tudo, tudo ...Os vizinhos se aproximam para ver o que está acontecendo, mas encontram a mulher irada!
- Safado, cafajeste! Venha cá, filho! Diga aqui prá todo mundo o que foi que aquela piranha falou prá você no telefone!
- Ela disse: “o número para o qual você ligou encontra-se desligado ou fora da área de cobertura”.

TEXTO DO BLOG

IMPOSTO PAGO NÃO É DINHEIRO ROUBADO

Vende-se, por estas bandas, a ideia de que dinheiro de imposto é dinheiro subtraído da sociedade. Um argumento tão repetido pela mídia (e pela oposição ao governo) que, para muitos, se tornou uma verdade.

por André Siqueira*

O Brasil é mesmo um país de contradições. Na manhã da terça-feira 13, um grupo de pessoas acompanhou a contagem do Impostômetro, o marcador gigante instalado pela Associação Comercial de São Paulo no centro da cidade para medir a arrecadação do governo. Neste ano, diz a entidade, atingimos a marca de 1 trilhão de reais 35 dias mais cedo do que em 2010. A cifra foi acompanhada por vaias do grupo de pessoas aglomerado diante do display. Não as culpo. Vende-se, por estas bandas, a ideia de que dinheiro de imposto é dinheiro subtraído da sociedade. Um argumento tão repetido pela mídia (e pela oposição ao governo) que, para muitos, se tornou uma verdade.
Virou quase lugar-comum dizer que o Brasil é um dos campeões mundiais em impostos, e comparar nosso pacote de serviços públicos com os oferecidos por países com carga tributária igual ou maior. Esses argumentos deixam de lado dois detalhes importantes: somos também destaque mundial em desigualdade social, e temos uma massa de desassistidos comparável apenas a países como China e Índia. Ou seja, sai caro, muito caro, para uma nação com tal perfil, oferecer, mesmo precariamente, uma estrutura de amparo universal.
Logo, uma alta arrecadação é algo a ser comemorado, e não lamentado. É sinal de que o governo eleito democraticamente dispõe de mais recursos para atender às necessidades da população que o elegeu. Como alguém em sã consciência pode reclamar da saúde e da educação públicas e querer ir às ruas protestar por menos impostos? Exigir das autoridades o melhor uso possível dos recursos do orçamento é um dever cívico em qualquer país, assim como cobrar o combate permanente à corrupção. Mas imaginar que um governo será capaz de, com menos dinheiro, sustentar a máquina estatal, fazer os investimentos necessários (para ontem) em infraestrutura e melhorar o pacote de serviços à população é simplesmente absurdo!
Em um brilhante artigo publicado recentemente no Valor Econômico, o presidente do Ipea, Marcio Pochmann, mostrou que a desigualdade social, medida pelo índice Gini, caiu 9,5% entre 2003 e 2009. Sem os gastos em programas de transferência de renda realizados na última década, a melhora teria sido de apenas 1,5%. No mesmo texto, Pochmann levanta uma questão que tem méritos de sobra para tirar o sono dos brasileiros: por que os ricos pagam, proporcionalmente, tão menos impostos?
A reforma tributária pela qual nossos formadores de opinião deveriam se empenhar passa, necessariamente, pela troca de impostos que recaem sobre o consumo – e penalizam os consumidores indistintamente – por uma estrutura mais progressiva. É possível, sim, criar novas (e mais altas) alíquotas de IR para faixas de rendimento mais elevadas, elevar os encargos sobre itens supérfluos e de luxo, taxar grandes fortunas (a exemplo do que faz a Inglaterra e outros países desenvolvidos) e aparelhar melhor a equipe da Receita Federal até que ninguém consiga passar um fim de semana tranquilo em sua mansão no Guarujá sem a certeza de estar em dia com o Leão.
A estrutura social brasileira é perversa sobretudo porque dá àqueles que deixam a base da pirâmide a sensação de estar muito acima da maioria. Ainda que continue a anos-luz de distância do topo, parte da classe média é mortalmente tentada a comprar um discurso que interessa apenas a quem está lá em cima.
Não se iludam: um cofre público mais gordo revela que a economia está em crescimento, e que a inclusão social trouxe mais gente para dividir o fardo de sustentar o País. A alta na arrecadação também pode indicar avanços do Fisco no combate à sonegação – um mal tão danoso à sociedade quanto a corrupção. O combate à evasão tributária deveria ser festejado sobretudo por quem tem sua fatia descontada diretamente no salário, e não conta com recursos de “engenharia financeira” para pagar fugir às obrigações, nem remete recursos a paraísos fiscais…

(*) André Siqueira é Subeditor de Economia de Carta Capital. andresiqueira@cartacapital.com.br




quinta-feira, 29 de setembro de 2011

CITAÇÃO DO DIA

“A paciência é a mais heroica das virtudes, justamente por não ter nenhuma aparência heroica.” (Giacomo Leopardi (1798-1837), poeta e filósofo italiano)

CHARGE DO DIA

RAPIDINHAS DO BLOG...

FUTEBOL: INDÚSTRIA BILIONÁRIA COM ATAQUE NOS NEGÓCIOS E DEFESA NO ORÇAMENTO
Os 12 clubes com as marcas mais valiosas do futebol brasileiro geraram R$ 1,52 bilhão em receitas totais em 2010. Esses mesmos times, contudo, fecharam o ano passado com um endividamento superior a R$ 3 bilhões e um déficit nas contas de R$ 191,71 milhões. Os números, levantados pela consultoria BDO RCS, refletem o difícil equilíbrio dessa indústria bilionária entre o ataque nos negócios e a defesa no orçamento. Corinthians e Flamengo lideram ranking de marcas. Com patrocínio e publicidade, esse seleto grupo gerou R$ 287 milhões em 2010. Já os recursos com bilheteria atingiram R$ 174 milhões no mesmo período. Caso fossem consideradas as receitas do São Paulo com o estádio do Morumbi, o montante superaria R$ 208 milhões. O Corinthians lidera o ranking de marcas mais valiosas, tendo crescido 16% em valor de marca em 2011 ante 2010 e 203% na comparação com 2004. A evolução se deve, principalmente, ao crescimento das receitas de marketing, cotas de TV e clube social. O clube paulista é o que mais fatura no Brasil, mas também o que apresenta os maiores gastos, especialmente com o departamento de futebol. "O clube tem grande potencial de geração de receitas, mas precisa controlar as despesas. Só assim conseguirá fechar no azul sem a necessidade de vender atletas", diz Amir Somoggi, diretor da área Esporte Total da BDO RCS. A grande quantidade de jogos transmitidos na TV também fortalece a base de torcedores do time e desperta o interesse dos patrocinadores. O Flamengo aparece na vice-liderança do ranking. O valor de marca do time fluminense cresceu 10% ante 2010 e 114% na comparação com 2004 em função, principalmente, da evolução das receitas de marketing, bilheteria dos jogos e cotas de TV. A torcida é o grande diferencial do rubro negro da Gávea. O clube é líder entre todos os torcedores do Brasil de diferentes classes sociais, embora venha diminuindo a participação entre os mais ricos e aumentando entre os mais pobres. Também lidera entre os jovens, com especial força no Rio de Janeiro. O time fluminense, no entanto, ainda não conseguiu transformar a sua base de milhões de torcedores em receitas contundentes. "Para isso, tem o desafio de trabalhar o relacionamento com a torcida espalhada pelo Brasil", afirma Somoggi.

TÚNEL NA CORDILHEIRA DOS ANDES AJUDARÁ ESTUDOS SOBRE O UNIVERSO
Um grupo de cientistas vai estudar os segredos do Universo em um laboratório subterrâneo de física de partículas que será instalado em um túnel na cordilheira dos Andes, em uma região entre a Argentina e o Chile. O projeto Andes envolve cientistas da Argentina, do Brasil, do Chile e do México, que receberam o apoio de colegas americanos e europeus em troca da cooperação no estudo da chamada matéria escura, dos neutrinos e de outras partículas subatômicas, explicou o coordenador da iniciativa, o físico franco-argentino Xavier Bertou. Também "há grande interesse" em usar o laboratório para estudos de impacto dos raios cósmicos sobre o envelhecimento celular, de geofísica --para criar uma rede de sismógrafos entre a Argentina e o Chile-- e do ambiente, explicou o cientista. A construção do laboratório custará US$ 15 milhões, o equivalente a 2% do custo do túnel rodoviário Água Negra, que unirá a cidade de Iglesia, na província argentina de San Juan, à província chilena de Vicuña. O túnel, que começará a ser construído no ano que vem, terá 14 quilômetros de extensão e um laboratório que será instalado a mais de 1.500 metros abaixo da superfície. Segundo o site do projeto, em uma caverna principal serão feitos dois ou três experimentos maiores, enquanto uma cavidade secundária abrigará três ou quatro andares destinados a estudos variados, cortados por túneis de acesso que ocuparão 2.500 metros quadrados da área subterrânea. Bertou afirmou ainda que faltam pelo menos US$ 5 milhões para equipar o laboratório para estudos de física de partículas. Segundo ele, "grande parte" desses estudos só pode ser feita em locais abaixo de rochas, que permitem detectar os neutrinos, os quais interagem pouco com a matéria. Os neutrinos são partículas subatômicas de carga elétrica neutra e pouquíssima massa. Entender seu comportamento "é fundamental" para o estudo da física, acrescentou Bertou. Os cientistas acreditam que 85% da matéria do Universo é composta por matéria escura, cujas características são totalmente desconhecidas. O coordenador do projeto Andes ressaltou que atualmente há mais de dez laboratórios subterrâneos no hemisfério Norte, entre eles o italiano Gran Sasso, onde foram medidos os neutrinos que, aparentemente, "são mais rápidos que a luz". O laboratório localizado no hemisfério Sul permitirá que sejam feitos estudos cruzados dos neutrinos. "Devido ao movimento da Terra, alguns estudos ganhariam muito se fossem feitos nos dois hemisférios para que os eventos possam ser triangulados", disse Bertou. O projeto Andes tem o potencial de incentivar a criação de empresas de alta tecnologia, como aconteceu nas regiões próximas aos laboratórios na Europa, disseram os cientistas.

ATIVISTAS SE REÚNEM PARA DEFENDER WEB DE CONTROLE ESTATAL
Ativistas de internet acusaram governos de causar dificuldades aos usuários da web, defensores dos direitos humanos e empresas privadas na realização de seu trabalho, em função das tentativas estatais de exercer controle sobre o mundo on-line. Os ativistas afirmaram que as autoridades estão demonstrando mais ousadia em seus esforços para regulamentar a web, cujo uso facilitou as revoluções árabes, permitiu vazamentos maciços de documentos diplomáticos norte-americanos e facilitou o florescimento da pirataria on-line.  "O que vimos nos últimos três anos é que os governos já não hesitam em suas tentativas de regulamentar o conteúdo de internet", disse Joy Liddicoat, coordenadora de projeto da Association for Progressive Communications, da Nova Zelândia, que luta para proteger os direitos das pessoas na internet. Os ativistas se pronunciaram durante o Internet Governance Forum, um evento anual realizado nesta semana em Nairóbi que reúne empresas, organizações sem fins lucrativos, representantes de governos e cidadãos comuns. Os participantes da reunião afirmaram que os governos estão cada vez mais filtrando e bloqueando o conteúdo da web, conduzindo operações de vigilância e solicitando dados e informações pessoais, em países como o Egito e o Paquistão. "São essas as questões que gostaríamos de ver discutidas no fórum, e acreditamos que sejam necessárias discussões muito mais abertas e transparentes sobre como devemos responder a esses desafios", disse Liddicoat. Os ativistas esperam demonstrar que estão mais capacitados para definir as futuras regras da internet, que se tornou propulsora importante de crescimento econômico em um mundo à beira da recessão. Maud de Boer-Buquicchio, vice-secretária geral do Conselho da Europa, uma organização que congrega 47 países e trata principalmente da defesa dos direitos humanos, disse que a crescente relevância da web como ferramenta de comunicações e comércio que serve milhões de pessoas torna mais urgente que surjam acordos sobre a questão do controle da internet. "É um momento importante para definirmos princípios para o controle da internet, no nível das pessoas e organizações que controlam a internet", disse de Boer-Buquicchio. 

INDICADORES DO BLOG

ÍNDICE BOVESPA
-1,21
Fech. Atual: 53.270 pts – 28-09-2011 – 18:00 hs -  Fech. Anterior: 53.920 pts

BOLSAS NO MUNDO
INDICADOR
VARIAÇÃO*
DATA
CAC 40 - Paris
-0.91
28/09/2011
DAX - Frankfurt
-0.88
28/09/2011
Dow Jones
-1.61
28/09/2011
FTSE-100 Londres
-1.44
28/09/2011
H.Seng-H.Kong Exch.
-0.65
28/09/2011
IBEX 35-Madrid Stock Exch.
-0.60
28/09/2011
Nasdaq Composite Index
-2.16
28/09/2011

CÂMBIO
MOEDA
COMPRA(R$)
VENDA(R$)
DATA
HORA
US$ Com
1.8350
1.8370
28/09/2011
17:02
US$ Par
1.7600
1.9500
28/09/2011
16:00
US$ Tur
1.7600
1.9500
28/09/2011
16:00
US$ Médio
1.8123
1.8131
28/09/2011
13:11
Euro
2.4882
2.4907
28/09/2011
16:11
      
INDICADORES
INDICADOR
VALOR(R$)
VARIAÇÃO(%)
DATA
CDB Pré 30 dias CETIP
10.37
-4.33
31/08/2011
CDI Over - Andima
1.339880
+0.00
27/09/2011
Poupança 1o. dia mês seguinte
0.60080
+0.00
01/08/2011
Poupança Dia
0.60560
+4.02
28/09/2011
Taxa Juros Longo Prazo Ano
6.00
+0.00
01/07/2011
TBF - Taxa Básica Financeira Mês
0.9237
-1.60
27/09/2011
INPC % Mes IBGE
0.42
+0.00
31/08/2011
Taxa Prime (ano)
3.25
+0.00
28/09/2011
Taxa Selic Over
11.90
+0.00
28/09/2011
Libor 1M-British Pound
0.62813
+0.00
31/08/2011
       
INFLAÇÃO
INDICADOR
VALOR(R$)
VARIAÇÃO(%)
DATA
IGP-DI - Mês
0.61
+0.00
31/08/2011
IPC SP (FIPE) - Mês
0.22
+0.00
26/09/2011
IPCA (IBGE) - Mês
0.37
+0.00
31/08/2011