Seja bem vindo ao "Blog do Borjão"

quinta-feira, 30 de abril de 2009

CITAÇÃO DO DIA

CHARGE DO DIA

RAPIDINHAS DO BLOG...

MÉDICOS ALERTAM PARA PERIGO DE TOMAR REMÉDIO PARA GRIPE SUÍNA SEM ORIENTAÇÃO

Apesar de, aparentemente, remédios antivirais como o Tamiflu (oseltamivir) funcionarem para tratar a gripe suína, especialistas aconselham as pessoas a não tomarem esse tipo de remédio indiscriminadamente, sem orientação médica --especialmente no Brasil, que não tem casos confirmados da doença. O Tamiflu, fabricado pela Roche, é apontado como eficaz para o tratamento da gripe suína, suavizando os sintomas da doença. Entretanto, dificilmente o medicamento é encontrado em farmácias comuns --todo novo estoque está comprometido com o Ministério da Saúde, segundo a companhia farmacêutica. Em 2005, o remédio "sumiu" das prateleiras devido à procura da população, preocupada com a gripe aviária, também tratada com Tamiflu. "É muito cedo para tomar uma atitude assim [tomar o remédio]. Mesmo porque não se sabe com certeza se ele vai funcionar", afirma Esper Kallas, infectologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Tomar o remédio pode fazer com que as pessoas adiem a ida ao médico, prejudicando o tratamento adequado. "Deve-se procurar um profissional de saúde, porque muitas vezes as pessoas se automedicam para algo que parece ser gripe, mas pode não ser", diz o médico.

EUROPEUS DETECTAM OBJETO MAIS ANTIGO DO UNIVERSO

Astrônomos europeus anunciaram na terça-feira (28) a detecção do objeto mais distante do Universo: uma explosão de raios gama ocorrida há 13,1 bilhões de anos --apenas 600 milhões de anos após o Big Bang. O satélite Swift, da Nasa, detectou na última quinta-feira uma extraordinária liberação de energia na constelação de Leão. A distância do evento foi confirmada pelo telescópio VLT, do ESO (Observatório Europeu do Sul), no Chile. As explosões cósmicas de raios gama são os eventos mais energéticos do Universo. A estrela que explodiu, virando um buraco negro, emitiu em 10 segundos mais energia do que o Sol produzirá em seus 10 bilhões de anos de vida. "É espetacular. Esse anúncio confirma que as explosões de raios gama são fenômenos extraordinários", diz o físico Carlos Escobar, da Unicamp. A importância de detecções do tipo é saber com mais exatidão quando os interruptores do Universo foram ligados. O Big Bang ocorreu há 13,7 bilhões de anos. Mas, na infância do Universo, tudo era escuro. Não havia corpos celestes emitindo nenhum tipo de luz.Com a passagem de alguns milhões de anos, a gravidade começou a compactar a matéria gasosa. O processo formou as primeiras estrelas. Até hoje, o evento explosivo mais antigo detectado havia ocorrido 740 milhões de anos após o Big Bang. Agora já se sabe que antes disso já havia estrelas e galáxias formadas.

PETROBRAS DESENVOLVE DIESEL MENOS POLUENTE

A Petrobras começou a produzir um novo óleo diesel com baixo conteúdo de enxofre, característica que o torna menos poluente, além de projetar a auto-suficiência neste tipo de combustível para 2012. As informações foram dadas na segunda-feira (27) pelo diretor de abastecimento da companhia, Paulo Roberto Costa. A Petrobras completou a produção dos primeiros 10 mil metros cúbicos do diesel S-50 na semana passada, que tem 50 partes por milhão de enxofre, um décimo do que continha a versão mais avançada que havia até agora no mercado, o S-500. Este tipo de combustível pode reduzir as emissões poluentes à atmosfera em até 80% com novas gerações de motores que se adotarão no Brasil nos próximos três anos, informou Costa. Levando em conta os motores do atual parque automobilístico do Brasil, porém, as emissões podem se reduzir no máximo 15%, disse o diretor em entrevista coletiva realizada na refinaria Duque de Caxias (Reduc), onde começou a se produzir o novo diesel. "Não há milagre possível. De nada serve pôr o diesel S-50 em motores defasados", afirmou Costa. A eficiência do S-50 foi constatada nos laboratórios da empresa e em teste realizados nos ônibus municipais do Rio de Janeiro, desde janeiro.

INDICADORES DO BLOG

SAÚDE NO BLOG

CHOCOLATE É BOM PARA O CORAÇÃO!

*Nabil Ghorayeb

Na antiga civilização Maia foi chamado de ALIMENTO dos DEUSES. Delicioso, energético e muitos dos seus consumidores adoram serem chamados de “chocólatras”, mas afinal podemos consumi-lo sem culpa na Páscoa ? A ciência responde SIM! Porém, OK! chocolate é bom para o coração, mas quanto? Buscamos as explicações com a nutricionista Miriam Topein Ghorayeb e de artigos médicos da revista Lancet, de enorme impacto e credibilidade científica.

O chocolate como é apresentado hoje em dia, resulta da elaboração da fava do cacaueiro, que tem caroço e polpa branca. Na composição do chocolate temos cacau, manteiga de cacau, leite, açúcar (exceto nos chocolates dietéticos) e outros elementos que podem ser acrescidos como passas, amendoim, avelãs, amêndoas etc. O cacau contém substâncias chamadas fenóis ou flavonóides, os mesmos antioxidantes encontrados no vinho tinto. Estudos feitos na Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, mostram que consumidores diários de 30 a 50g de chocolate com alta concentração de cacau (56 a 85%, ou seja, chocolate amargo ou extra amargo) apresentam menores índices do chamado mau colesterol (fração LDL). No cérebro, o chocolate eleva os níveis de serotonina e feniletilamina melhorando o ânimo e disposição geral. O chocolate é uma boa fonte de energia e com alto nível calórico, dependendo da proporção da manteiga de cacau ou açúcar ou leite. Cada 100g pode conter de 350 a 500 calorias e é aí que mora o pecado! Um dos aspectos negativos do consumo de chocolate, é o de que algumas pessoas relacionam o aparecimento de acne, pedras no rim, dores de cabeça, alergias, cárie dentária e tensão pré-menstrual. Porém, as evidências científicas da relação direta do consumo e esses problemas são fracas, na verdade os hábitos de vida pouco saudáveis: alimentação rica em gordura animal (colesterol), gorduras saturadas e gordura trans, sedentarismo, diabete, obesidade abdominal, hipertensão arterial não tratada etc. são os mais importantes fatores de risco para as doenças cardiovasculares. O consumo moderado de chocolate hoje é aceitável, até 30g por dia, compondo uma alimentação balanceada em calorias e nutrientes. Ultrapassar os limites, apesar dos benefícios descritos e do sabor, acaba por elevar a quantidade diária de calorias, o que é indesejável, além disso, não é recomendável trocar as frutas e vegetais de uma refeição pelo chocolate. Não vamos aos extremos da proibição nem da liberação total e irrestrita, porém não esqueçamos de que muitas verdades científicas atuais, podem mudar amanhã, portanto mantenha seu apetite moderado nessa Páscoa... E esteja saudável em muitas outras!

(*)Nabil Ghorayeb

Especialista em Cardiologia e em Medicina do Esporte

nghorayeb@terra.com.br www.cardioesporte.com.br

CIRCULA NA INTERNET

IMAGEM DO DIA

Uma bela paisagem em uma das regiões da Namíbia na África

PIADA DO BLOG

QUANTOS FILHOS?

Um casal recém-casado começa a discutir planejamento familiar. A mulher disse que queria três filhos, mas o marido discordou, dizendo que dois eram o bastante. Eles batem boca por alguns minutos, até que o marido resolve botar um ponto final na discussão, concluindo: - Então, depois de nosso segundo filho, eu faço uma vasectomia! E, sem hesitar, ela completou: - Bem, eu espero que você ame o terceiro como se fosse seu!

TEXTO DO BLOG

UMA FERRAMENTA PARA SOLIDARIEDADE

Beto Albuquerque

Ao sancionar no dia 22 de abril a Lei 11.930/2009, batizada de Lei Pietro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva abriu mais uma porta para a solidariedade do povo brasileiro. O texto, de minha autoria, além de homenagear meu filho Pietro, falecido no dia 3 de fevereiro vítima de leucemia mielóide aguda, institui a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea.

Anualmente, de 14 a 21 de dezembro, serão desenvolvidas atividades de esclarecimento e incentivo para aumentar ainda mais o número de cadastros no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome), unindo nesta batalha poder público e iniciativa privada.

Com esta lei temos nas mãos uma ferramenta legal para ajudar àqueles que precisam de nós. No Brasil são registrados todos os anos 10 mil novos casos de leucemia, doença que leva à morte e, na maioria dos casos, somente pode ser enfrentada por meio de transplante de medula.

Os números divulgados este ano pelo Ministério da Saúde sobre transplantes de órgãos no Brasil em 2008 são positivos, mas também servem de alerta. O crescimento de 10% nas cirurgias de transplante no País é um dado animador, mas quando se refere à medula óssea infelizmente verificamos que o aumento foi de apenas 1%.

A Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale) aponta que o tempo de busca por um doador de medula óssea no Brasil caiu de um ano para seis meses, avanço decorrente da intensificação das campanhas. Hoje, há 940 mil cadastros de doadores e de 65% a 70% dos pacientes brasileiros que necessitam de transplante de medula óssea podem ser atendidos pelo banco nacional.

Precisamos nos esforçar para que estes números fiquem ainda melhores e para isso necessitamos de muito mais voluntários. Aplaudo as estatísticas, mas insisto que ainda podemos fazer mais. O amor ao próximo e a solidariedade só se faz com atitudes concretas.

Não podemos ficar de braços cruzados esperando que alguém próximo a nós necessite de transplante para tomarmos uma atitude. É preciso agir agora e nos tornarmos candidatos a doadores. Basta dirigir-se ao hemocentro mais próximo. É simples. Com a coleta de apenas 10 ml de sangue e o preenchimento de um cadastro imediatamente passa-se a fazer parte do cadastro nacional como candidato a doador de medula óssea.

Para quem está na fila à espera de um doador de medula óssea o tempo, ou a falta de tempo, é o inimigo número 1. Por isso insisto na necessidade de o cadastro de doadores se tornar muito maior do que é hoje para que aumente a probabilidade de se localizar doadores compatíveis e, assim, se evite mais mortes como a de meu filho Pietro.

Infelizmente, Pietro, de apenas 19 anos, passou a fazer parte da estatística de brasileiros que não conseguiram vencer a leucemia. Ele era um garoto como tantos outros deste País. Escrevia livros, estudava muito, gostava de futebol, mas acabou se deparando com a doença quando prestava concurso vestibular e teve um desmaio. Investigadas as causas descobriu-se que sofria de leucemia mielóide aguda.

Lutamos durante 14 meses, mas não conseguimos achar um doador 100% compatível no Brasil e nem no Exterior. O tempo foi nosso algoz. Conseguimos fazer o primeiro transplante um ano depois de diagnosticada a doença. Uma segunda cirurgia foi realizada em janeiro deste ano, quando meu filho já estava debilitado pela doença e acabou falecendo.

Cada estado tem que ter a sua própria proporção de doadores para cobertura das suas necessidades, já que em cada região a origem de sua gente e a suas raízes genéticas diferem. Isto tem que ser levado em conta, na medida em que é improvável, embora não seja impossível, encontrar-se compatibilidade onde há muitas diferenças neste campo.

Achar um doador compatível no começo do tratamento é um sopro de vida e esperança para se enfrentar doença tão arrasadora. A demora é fatal! Lembre-se sempre que a leucemia só tem uma solução: a solidariedade. Não podemos continuar sem ação. Precisamos agir rápido. Sejamos mais solidários, este é o caminho da verdadeira e plena felicidade.

BETO ALBUQUERQUE é deputado federal (PSB-RS), vice-líder do governo Lula e autor da lei que cria a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea.